NOSSAS REDES

POLÍTICA

Diretor da Zeladoria entrega um dos cargos mais cobiçados, e afirma que não se encanta com cargos ou poder

PUBLICADO

em

Nesta segunda-feira, 20, um dos quadros mais qualificados da gestão Bocalom entregou o cargo de Diretor de Gestão, o servidor efetivo Marcos Vitorino, que tornou pública a devolução do cargo.

Vitorino foi um dos homens da linha de frente durante a campanha de Tião Bocalom; é considerado organizado e metódico, de personalidade forte e averso à exposição pública, coleciona graduações e diversas pós-graduações, é filho do ex-prefeito Odilon Vitorino e irmão da ex-prefeita Marilete Vitorino, ambos ex-prefeitos de Tarauacá.

Em sua carta, o Diretor agradeceu ao Prefeito Tião Bocalom pela oportunidade de conduzir umas das pastas mais importantes e sensíveis da estrutura organizacional durante os nove primeiros meses de gestão, e disse sentir-se orgulhoso e com sentimento de dever cumprido.

As razões para entrega do cargo, segundo o Diretor, é porque pretende dedicar-se aos estudos. Disse que a “Zeladoria é uma secretaria especial, constituída de pessoas humildes, trabalhadoras, que merecem dedicação exclusiva e integral”.  

*Leia a Carta abaixo*:

Prezados amigos de Rio Branco, agradeço imensamente à Deus pela oportunidade em contribuir para a limpeza pública de nossa querida cidade.

Gratidão também ao Prefeito Tião Bocalom pela amizade, confiança e a oportunidade de colaborar e adquirir essa elevada experiência em uma das pastas mais sensíveis do município. Sinto-me prestigiado pela honra de experimentar os desafios e inquietações diárias  pelas quais passamos nesses nove meses de gestão.

Sempre conduzo-me ciente que a política é efêmera, por isso nunca me iludi com cargos ou poder. Dediquei-me imensamente ao exercício da função. Sacrificamos feriados, sábados, domingos, madrugadas, em prol desse lindo projeto Produzir Para Empregar, idealizado pelo nosso querido Bocalom. Minha monta de contribuição será lembrada pela História. Saio do cargo de Diretor de Gestão com o sentimento de dever cumprido, durante minha “estada”. Pretendo dedicar-me aos estudos, o que é inconciliável com o exercício do atual cargo que ocupo, uma vez que a Zeladoria é uma secretaria especial, constituída de pessoas humildes, trabalhadoras, que merecem dedicação exclusiva e integral.

Construí muitas amizades nesse período de nove meses, deixo meu abraço amigo, desejando sucesso à gestão.

Me disperso com gratidão, que Deus abençoe todos vocês. 

Rio Branco – Acre, 20 de setembro de 2021. 

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS