NOSSAS REDES

TARAUACÁ

Em Tarauacá, vereadores acionam MP contra empresa Energisa; veja

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Nesta quarta-feira, 20, alguns vereadores do município de Tarauacá, interior do Acre, se reuniram e protocolaram requerimento na Unidade local da Promotoria de Justiça, contra o aumento da energia elétrica, distribuída pela empresa Energisa.

No ato do protocolo, na Unidade local do Ministério Público, apenas sete vereadores compareceram pessoalmente. Outros não participaram do ato.

Mas, segundo o vereador Antônio Araújo, um dos líderes do movimento, trata-se de uma “denúncia contra o aumento abusivo da conta de energia, com assinatura de todos vereadores e mais de 2 mil assinaturas da população Tarauacaense“, afirmou.

Por Acre.com.br

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Políticos adotam atitudes eleitoreiras durante a Covid-19 e matam a economia

Bakunin Acriano, o Eremita, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Eremita

Eis que saio de minha caverna e descubro que a população precisa seguir meu exemplo e realizar um longo isolamento. O motivo é a pandemia por coronavírus, diferente dos meus motivos que incluem a falta de paciência com político incompetente contando lorota.

Incompetência I

Falando em política incompetente, a prefeita Socorro Neri deu um tiro no próprio pé ao ter decretado rodízio. Críticas silenciosas choveram e a população que realmente move a economia de Rio Branco odiou. Agora, os eleitores precisam lembrar desse abuso de autoridade durante o pleito.

Incompetência II

Por falar em rodízio, você, meu único leitor, notou que houve uma explosão de casos notificados pela Covid-19 durante essa limitação determinada por numeração das placas dos veículos? Será que os casos aumentaram graças as aglomerações em terminais e coletivos?

“Pra-lamentar” I

Vereadores criticaram o presidente da Fecomércio, Leandro Domingos, por cobrar das “excelências” mais atitudes. Os caras engravatados ficaram de mimimi, mostrando que eles são amadores e incompetentes. Eles, durante esta crise, não fizeram nada mesmo, nem reduziram os próprios gastos e nem cortaram os próprios salários para ajudar na contenção de despesas. Isso é “pra-lamentar”.

“Pra-lamentar” II

O desaforo também vai para os deputados que também não apitam nada. Apenas jogam para o público ideias mirabolantes, principalmente o comunista Edvaldo Magalhães, que na farra defendeu a suspensão do pagamento de empréstimos consignados por servidores. É preciso lembrar que o servidor não teve suspensão e não teve a redução dos salários. O resultado é que ele empurrou uma bomba para o povo, porque a legislação permite que os bancos cobrem juros e multas pela falta do pagamento. É muita atitude eleitoreira e incompetente.

Governador “Magrim”

Nosso governador Gladson Cameli, “o magrim”, está precisando de um bom caldo de feijão, está abatido, mas continua com atitudes eleitoreiras. Ele precisa lembrar que a eleição será realizada apenas em 2022. Assim não pode, magrim.

Reabertura

Essa reabertura dos comércios é necessária e urgente. Pena que falta articulação por parte do governo em garantir a retomada da economia. É sabido que para a retomada da economia é preciso ter vagas nos hospitais, mas a promessa de um hospital de campanha vem desde fevereiro.

Estou voltando a datilografar. Aguarde novos textos e notas semanais para apimentar nossa comuna.

Conheça Bakunin Acreano.

E-mail: bakunin.acreano@protonmail.ch

Continue lendo

CORONAVÍRUS

VÍDEO: Em Tarauacá, ‘Morte’ percorre ruas em carro de som para que população fique em casa

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Ação é da prefeitura de Tarauacá; servidor que se veste de morte acredita que fantasia pode ajudar na conscientização: ‘vão pensar um pouco antes de sair de casa’.

Com 142 casos de Covid-19 confirmados, a Prefeitura de Tarauacá, no interior do Acre, adotou uma estratégia curiosa para alertar os moradores do município sobre os riscos da doença. Em um carro de som, um prestador de serviços da prefeitura vestido de morte e foice na mão diz em um microfone que vai pegar quem não ficar em casa.

A ideia é pedir o cumprimento das regras de isolamento e distanciamento social para evitar a proliferação do novo coronavírus.

“A morte chegou. Se você não ficar em casa eu vou vim pegar você. Pode ficar em casa, se não ficar vou levar cada um”, alerta com uma risada macabra.

O servidor por trás da figura é o Lélio Nunes, de 36 anos. Ele começou a sair com as equipes na terça-feira (26) para as ações de conscientização dos moradores. Os primeiros bairros visitados pela ‘morte’ foi o da Praia, Papacunha e Triângulo.

“Alguns ficam assustados, outros acham engraçado e ficam filmando. Creio que coloca um pouco de pânico porque as pessoas têm ficado muito na rua, não obedecem e isso vai dispersar um pouco. Vendo isso na rua vão pensar um pouco antes de sair de casa”, frisou.

Ação

Com mais de 35 mil habitantes, a cidade já registrou duas mortes pela doença e tem uma letalidade de 1,4. Dos infectados, 58 estão em isolamento domiciliar, três internados e 79 já tiveram alta médica.

Ao G1, o assessor de comunicação da prefeitura, Gilson Amorim, disse que a gestão já fez várias ações para manter os moradores em casa e evitar a proliferação do vírus na cidade.

“Estamos fazendo isso para chamar a atenção da população, alertar de uma forma geral sobre o uso da máscara, da higienização pessoal, para que respeitem a quarentena, respeitem os decretos e só saiam em extrema necessidade”, frisou.

No início do mês, Amorim explicou que as equipes sairiam com um carro de som passando as orientações, mas que mesmo assim ainda é comum encontrar pessoas nas ruas sem necessidade.

“Estamos fazendo o alerta desde o início do mês. A prefeita pediu para a gente intensificar as ações e pensamos no que podia chamar a atenção. A equipe inteira pensou em vestir o rapaz de morte. Tem chamado bastante atenção, as pessoas têm dado atenção para isso”, complementou.

O servidor destacou que outro personagem deve ser usado em próximas ações. “Estamos pensando ainda, não definimos”, concluiu. Com informações G1AC.

Veja o vídeo:

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias