NOSSAS REDES

Guerra

Em vídeo, mulher integrante de facção criminosa ameaça facção rival; veja

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um vídeo que circulou esta semana nas redes sociais causou medo à população do município de Quinari, interior do Acre. No vídeo, uma jovem aparece rasgando sua blusa simbolizando sua saída da facção B13, e entrando para a facção comando vermelho.

Em um trecho do vídeo, a jovem fala “vou sai dessa facção imunda de oprimidores, e vamos à casa de vocês, se prepararem vamos chegar (…), estou entrando numa facção de verdade, comando vermelho (…), Quinari é tudo nosso”. Assista: 

CRIME

VÍDEO: Novo vídeo de suposta decapitação de mulher em Tarauacá circula nas redes socias, veja. 

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na manhã desta quinta-feira, passou a circular nas redes sociais e nos grupos de notícias do WhatsApp, um vídeo onde mostra uma mulher sendo brutalmente assassinada a facadas e em seguida tem o pescoço degolado.

A equipe Acre Notícias foi até delegacia de Tarauacá, porém nada havia sido registrado a respeito de desaparecimento ou algo relacionado ao vídeo, Passamos o dia inteiro fazendo buscas na internet à procura de alguma notícia,porém nada foi encontrado o que indica que Possivelmente é antigo e não foi gravado no Acre. 

No vídeo aparece uma mulher sendo morta a facadas por outra mulher em seguida tem o pescoço degolado.

Veja o vídeo abaixo e a notinha na qual está sendo compartilhado no WhatsApp

“Segundo informações de algumas pemoradores do bairro da praia, mataram uma menina hoje em Tarauacá, pessoas afirmam ter visto o vídeo, e dizem ser com cenas muito fortes.” 

Continuaremos investigando em busca de trazer a real notícia sobre o vídeo.

Continue lendo

BRASIL

Trump diz esperar que EUA não entrem em guerra com Irã

Agência Brasil, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, disse nesta quinta-feira (16) esperar que os EUA não entrem em guerra com o Irã, enquanto se preparava para se reunir com o presidente da Suíça, Ueli Maurer, cujo país serviu de mediador diplomático entre as duas nações.

Indagado se os Estados Unidos entrarão numa guerra contra o Irã, Trump disse a repórteres que “espera que não”, enquanto cumprimentava Maurer na Casa Branca.

O presidente dos EUA, Donald Trump, recebe o presidente da Suíça, Ueli Maurer, na Casa Branca.

As tensões entre EUA e Irã cresceram nos últimos dias com maiores preocupações sobre um potencial conflito entre os dois países. Nesta semana os Estados Unidos retiraram pessoal diplomático de sua embaixada em Bagdá, após ataques no fim de semana contra quatro petroleiros na região do Golfo.

A Suíça, um país neutro, tem historicamente sido um mediador entre os EUA e o Irã, que não têm relações diplomáticas entre si.

O jornal Washington Post, citando autoridades norte-americanas não identificadas, disse na quarta-feira que Trump prefere a rota diplomática com o Irã e negociações diretas com os líderes do país, mas estava preocupado que alguns de seus conselheiros estavam pressionando pela guerra.

A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, saudou nesta quinta-feira o que chamou de falta de “apetite” de Trump por um conflito militar com Teerã.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco