NOSSAS REDES

CRIME

Após execução de presa do semiaberto no AC, polícia diz que já tem suspeitos

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

 

A delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o homicídio deDaiane Brito da Silva, de 26 anos, morta a tiros na tarde desta quinta-feira (28), em frente ao Colégio Instituto São José, na Rua Floriano Peixoto, no Centro da capital acreana, Rio Branco.

De acordo com o delegado Martin Hessel, a polícia já tem um suspeito e trabalha para que a prisão possa acontecer nos próximos dias.

“As equipes da DHPP estão trabalhando as informações e já há suspeitos para o fato e a gente acredita que até a próxima semana consiga identificar o autor e, possivelmente, conseguir a prisão”, disse o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, Daiane havia saído da penitenciária há dois meses e cumpria pena por tráfico de drogas na região onde foi assassinada.

“A motivação é essa guerra de facções que voltou a se acirrar a partir do último domingo (24) que a gente vem acompanhando. As equipes da PM e PC já estão reforçando o policiamento para que a gente volte a experimentar a sensação de segurança que vinha acontecendo”, disse Hessel.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat