NOSSAS REDES

ACRE

Acre é o estado com maior taxa de aprisionamento do país, mostra Monitor da Violência

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Com uma população carcerária de 7.915 detentos, segundo os números mais recentes do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), o Acre aparece no Monitor da Violência como o estado que possui a maior taxa de aprisionamento do Brasil: 897 presos por cada 100 mil habitantes, proporcionalmente, o maior número de presos do que qualquer outro estado brasileiro. O número supera todos os 222 países que integram a lista, onde os Estados Unidos, que é o primeiro colocado, aparece com 655 presos a cada 100 mil pessoas.

Os números foram apresentados em recente evento que debateu os problemas do Acre e do Brasil, pela ouvidora da Defensoria Pública do Acre, Solene Oliveira. Ela destacou o trabalho do núcleo criminal do órgão, coordenado pelo defensor público, Cássio Holanda, onde também atua o defensor Luis Gustavo Medeiros.

Segundo ele, são atendidos uma média de 30 assistidos por dia na sede da Defensoria e uma média de 20 por semana na penitenciária Francisco de Oliveira Conde. “Os atendimentos são geralmente relacionados a direitos mínimos dos presos, como atendimento médico , trabalho interno e eventuais benefícios de progressão de regime.”, explicou.

Com uma população de 769.265 pessoas, de acordo com o último censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e 7.915 presos, o Acre tem pouco mais de 1% de seus habitantes encarcerados, proporcionalmente falando é o estado com a maior população carcerária do Brasil. Cerca de 70% são jovens, de 18 a 29 anos.

A taxa de aprisionamento no Acre, supera em muito o segundo estado colocado, que é o Espírito Santo com 580 presos para cada 100 mil habitantes. A Bahia aparece com a menor taxa do país, 105 presos a cada 100 mil habitantes.

O estudo foi feito Institute for Criminal Policy Research, da Universidade de Londres e a base de dados mais atualizada da “World Prison Brief”, foi divulgada no final do mês de maio.

Os números mostram que o Brasil é um dos países que mais prendem no mundo. São 704.395 presos hoje, o que, de acordo com o estudo, equivale a 335 encarcerados a cada 100 mil habitantes. O índice coloca o país na 26ª colocação na lista geral dos 222 países estudados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ACRE

Atendimento da OCA em RIO BRANCO-AC deixa a desejar

Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O YacoNews recebeu denúncia de que o atendimento na OCA na Capital de RIO BRANCO-AC, está deixando a desejar, principalmente as pessoas que vao do interior.

Uma estudante formada em 2018 está tentando retirar seu certificado de 2°grau já há algum tempo. Por quatro vezes, com gastos com translado de ída e volta, se dirigiu a OCA e ainda não conseguiu seu certificado validado (com carimbos dos órgãos competentes). Na última ída a OCA, pela 4°vez, recebeu nada mais ou a menos, a simples justificação de que não foi possível confeccionar seu diploma, por conta de que houve um atraso por conta de um feriado, mas que tinha sido agendada sua ída na confirmaçao de receber.

Podemos observar que o setor da OCA nao tem compromisso eficiente com a população, principalmente quem vai do interior. Nisso as pessoas têm despesas com translados, refeições, estadia, perda de tempo… mesmo com agendamento.

Seria viável um setor tão sério como o da OCA, ter mais eficiência com os munícipes vizinhos. E obedecer seu agendamento com êxito, seriedade e compromisso.

YACO NEWS

Continue lendo

ACRE

SENA: Acusado de matar desafeto na frente da mulher e dos filhos é condenado a mais de 32 anos de prisão

Senaonline.net, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Levado a julgamento na última sexta-feira, 20, Fernando Cavalcante da Silva foi condenado a uma pena de 32 anos, 10 meses e 26 dias de prisão. Ele é um dos acusados no assassinato de Tiago Lima de Souza, 30 anos, ocorrido no ano passado em Sena Madureira.
Presidido pelo juiz de direito, Fábio Farias (Vara Criminal), o júri-popular começou por volta de 8 horas da manhã. Ao longo do dia, testemunhas prestaram depoimentos e depois houve o debate entre a promotora Juliana Hoff, do Ministério Público, e o advogado de defesa do réu. Embasada nas provas, a promotora pediu ao corpo de jurados a condenação do acusado.
Conforme o apurado pela Polícia, Tiago Lima de Souza foi morto em maio de 2018, no Bairro da Vitória. Ao menos sete criminosos, entre maiores e menores de idade, arrombaram a residência e executaram a vítima na frente dos filhos e da esposa.
Pelo o que ficou estipulado pela justiça, a pena deverá ser cumprida inicialmente em regime fechado.

JUSTIÇA DE SENA ATUA COM RIGOR

No decorrer da semana foram realizados no Fórum de Sena Madureira um total de três julgamentos, tratando de crimes contra a vida. Em todos eles os réus foram condenados a penas consideradas expressivas. Isso é a prova inconteste de que, nem a comunidade nem a justiça, não são coniventes com esse tipo de prática.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp WhatsApp Notícias