NOSSAS REDES

ACRE

Acre tem redução dos índices de homicídios acima da média nacional

G1, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um levantamento divulgado nesta quinta-feira, 18, pelo site de notícias on-line G1, mostra que o Brasil teve uma queda de 25% na média do número de homicídios nos dois primeiros meses deste ano, se comparado ao mesmo período do ano passado. O Acre entra nessa estatística como o segundo estado da região norte que mais preservou vidas e com a média acima da divulgada a nível nacional, com 29,11%, de acordo com o relatório de inteligência da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

O levantamento que rotulam de “Monitor da Violência”, foi realizado pelo próprio site de notícias em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência na USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Segundo os dados, no Brasil, o estado do Ceará foi o que mais apresentou redução de mortes violentas com queda de 58%. Na região norte, o estado que mais preservou vidas foi o Amapá com 35,8%, seguido do Acre com 29,11% e Pará com 26,8%. Ainda na região norte, os dois estados do país que apresentaram um aumento no número de crimes foram Amazonas e Rondônia.

Especialistas em Segurança Pública entrevistados pelo site, preveem a continuidade da queda dos números para os próximos meses do ano. Através de análises do cenário a nível nacional, concluem que a razão para o declínio dos números se dá por diversos motivos, entre eles a mudança na própria dinâmica das organizações criminosas, a criação do Ministério da Segurança Pública na gestão passada. Aplicação de dinheiro em políticas públicas e investimento em tecnologia e ações de enfrentamento praticadas pelos próprios governantes de Estado para o controle da criminalidade pressionados pelos índices.

No Acre, a Segurança Pública investiu através da entrega de equipamentos e veículos, investiu em tecnologia para coibir crimes de roubo e furto, deflagrou operações com reforço de policiamento nas ruas diariamente em todo o estado, promoveu o endurecimento da rotina nos presídios com revistas periódicas. Além de reuniões semanais com os gestores das instituições que compõem o sistema integrado para debater os resultados e gerar novas estratégias de enfrentamento ao crime

ACRE

CARRO DE LUXO ROUBADO DE EMPRESÁRIO NO ACRE É RECUPERADO NA BOLÍVIA

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Jeep Cheroke do empresário Manuel Miranda, roubado em Rio Branco(AC) na ultima sexta-feira(24), foi recuperado. O veículo foi encontrado num atoleiro sete quilômetros após o município de Plácido de Castro, já em território boliviano.

De acordo com o proprietário, os assaltantes abandonaram o veículo ao não conseguirem transpor o atoleiro e danificarem o motor. O veículo foi tomado de seu proprietário na Rua Rondônia, no bairro do Busque. “Ele me obrigaram parar, com armas apontadas, me levaram dinheiro, documentos e assumiram o volante e me deixaram na rua, a pé”, relatou o empresário à polícia.

Miranda disse que só conseguiu recuperar o veículo, avaliado em mais de R$ 120 mil, graças à pronta intervenção das autoridades da área de seguranca. ” As autoridades bolivianas também ajydaram muito”, disse.

Continue lendo

ACRE

Vice-governador quer Lava Jato no Acre para investigar empréstimos milionários feitos pelo PT

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O vice-governador do Acre, Werles Rocha (PSDB), declarou em recente postagem nas redes sociais ser defensor ferrenho de uma investigação da Operação Lava Jato no Acre para investigar inúmeros empréstimos feitos pelas gestões petistas, principalmente, no governo Tião Viana (PT).

Rocha destacou que esteve reunido com o governador Gladson Cameli e o ministro da Economia para entregar um relatório de como receberam o Estado após 20 anos de gestão petista.

“Existia uma facilidade muito grande em realizar empréstimos junto ao BNDS. Tanto eu como o Gladson estamos torcendo que esse país seja passado a limpo e nosso estado também, a Lava Jato deveria vir ao Acre investigar os contratos milionários que foram feitos”, declarou.

Werles ressaltou que o Acre precisa dessa investigação para saber aonde foram empregados os mais de R$ 4 bilhões tomados em empréstimos. “A gente não vê essas obras aqui. Além de procurar saber lá atrás, na primeira eleição do Lula, aonde o Acre gastou mais de R$ 20 milhões com propaganda e que está em dados da empresa Asas Publicidade, a mesma do mensalão”, destacou Rocha

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco