NOSSAS REDES

ACRE

Acusado de matar conselheiro do B13 usava camisa do Free Fire e gritou: “Te falei que ainda te matava”

Folha do Acre, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Eliakim Belo Teixeira, de 25 anos, principal acusado de matar o presidiário do regime semiaberto, Fábio Mâncio Bezerra, 39 anos, na manhã desta sexta-feira (5) no Conjunto Universitário, em Rio Branco, usava uma camiseta preta escrita “Free Fire”, um dos jogos mais baixados e jogados pelos brasileiros na atualidade. Fábio seria conselheiro do Bonde dos 13, facção de origem rio-branquense.

No Acre, o game também é muito comum entre os adolescentes e jovens, que chegam a disputar campeonatos. O jogo tem como objetivo matar os adversários e se manter vivo até o final da disputa para conquistar pontos e subir de patente.
Eliakim foi preso logo em seguida como o principal acusado de matar Fábio.

Testemunhas contam que o acusado saiu gritando que cumpriu sua missão ao matar o conselheiro do Bonde dos 13. “Te falei que um dia te matava”, disse Eliakim logo após atingir Fábio com dois tiros na cabeça e um nas costas.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat