NOSSAS REDES

ACRE

Agentes penitenciários apreendem armas e carta ameaçadora em poder de faccionados

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Agentes penitenciários do presídio estadual Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, realizaram uma nova apreensão de armas artesanais em um dos blocos, onde ficam presos ligados a uma facção criminosa. Durante a empreitada, foi possível apreender também um telefone celular e uma carta contendo ameaça contra a segurança pública.

De acordo com a coordenação de segurança da UPEM, a operação surpresa foi desencadeada na tarde desta sexta-feira, 05, e contou com o apoio de agentes que estavam de folga, mas que foram convocados para reforçar a revista pente-fino.

Na ocasião, uma carta também foi localizada contendo claras informações ameaçadoras. As ameaças são direcionadas aos operadores de segurança pública do município, por uma organização criminosa, mas o conteúdo não foi revelado a imprensa.

Diante dessas informações, a direção da Unidade decidiu suspender as visitas familiares a partir deste final de semana em três blocos, sendo o 4, 5 e 7. Com relação aos demais blocos a visita será normalizada a partir deste sábado nos blocos 8, 9 e 10, assegura a direção do presídio.

Com relação as armas artesanais apreendidas, a coordenação de segurança afirma que foram fabricadas da grade da porta das celas.

Uma sindicância deverá apurar a autoria dos objetos apreendidos nesta sexta-feira, inclusive um telefone celular que os internos usavam para manter contato com outros comparsas em liberdade.

ACRE

Fumaça compromete partida do Campeonato Brasileiro no Acre; jogadores passam mal

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A partida entre Atlético Acreano x Luverdense, pela última rodada do brasileirão da série C, disputada na tarde deste domingo (25), no estádio Florestão, em Rio Branco, foi comprometida por causa da fumaça de uma queimada. Aos 25 minutos do primeiro tempo, uma densa cortina de fumaça invadiu o campo de jogo, reduzindo a visibilidade.

Jogadores passaram mal. Alguns usaram a camisa como máscara. A árbitra catarinense Charly Wendy Straub Deretti decidiu interromper a partida e os atletas foram atendidos por suas equipes médicas. A fumaça proveio de uma queimada no entorno do estádio que atingiu um bananal e produziu labaredas de cerca de dois metros, segundo o Corpo de Bombeiros.

Depois de quinze minutos de paralisação, a partida foi reiniciada, enquanto os brigadistas ainda tentavam debelar o fogo. “Está impossível trabalhar aqui mas cabines, imagine correr no campo”, observou o radialista Helton Lima, que trabalhava no jogo. As luminárias do estádio foram ligadas mesmo ainda estando de dia, numa tentativa de aumentar a visão dos atletas em campo.

Na última sexta-feira (23), o governador do Acre, Gladson Cameli, publicou um decreto de emergência por causas das queimadas e pediu apoio do governo argentino para combater os focos de incêndio no estado. Em maio passado, Cameli orientou produtores rurais a não pagaram multas aplicadas pelo Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac).

Nas redes sociais, o Major Falcão afirmou que o Corpo de Bombeiros, no local, tomou todas as providências cabíveis e afirmou que o incêndio não paralisou a partida. Esclarecendo que a partida de futebol no estádio Florestão não foi paralisada devido a fumaça. Aliás, não foi paralisada. Corpo de Bombeiros no local”, afirmou.

Atlético e Luverdense foram rebaixados para a série D.

Continue lendo

ACRE

Incêndio atinge área de vegetação na Baixada da Sobral

Alerta Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um incêndio foi registrado neste domingo (25), em uma área de vegetação localizada na Rua Tucanos, no Bairro Plácido de Castro, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.
Segundo uma moradora, o fogo começou no início da tarde e rapidamente se espalhou pela área. Até o fechamento desta matéria (16h30), o incêndio ainda não havia sido apagado.

O Corpo de Bombeiros ainda foi acionado para atender a ocorrência, mas, de acordo com a mulher, eles só olharam as chamas e foram embora.
“Talvez seja porque o carro não entra até o local, deve ser isso. Eles [bombeiros] foram até perto do fogo e depois voltaram”, informou a moradora.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?