NOSSAS REDES

ACRE

Cameli e Defensoria querem trazer corpo de menino esquartejado pela mãe para o Acre

Assessoria, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Governo do Estado do Acre, por meio do aporte financeiro, e a Defensoria Pública do Estado, por meio de ação judicial, que será ajuizada nesta segunda-feira, 03, com apoio da Defensoria Pública do Distrito Federal, com pedido de liminar junto a Vara de Registros Públicos do DF, tentam conseguir autorização para transportar os restos mortais do menor R. M. S. C., de 9 anos de idade, assassinado e esquartejado pela mãe Rosana Auri da Silva Candido.

Rosana está presa na cidade de Samambaia, juntamente com sua companheira, Kacyla Priscyla Santiago Damasceno Pessoa, que de acordo com a Polícia do Distrito Federal, a auxiliou durante o crime.

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, e a primeira-dama do estado, Ana Paula Cameli, disseram neste domingo, 2, que o Acre, ao mesmo tempo em que se encontra perplexo, se solidariza com a família do menor, ressaltando eles que o Governo do Estado não medirá esforços para auxiliar os familiares no traslado do menor R. M. S. C. para o Acre.

O coordenador do núcleo da Cidadania da Defensoria Pública do Acre, Defensor Celso Araújo Rodrigues, é o responsável pelo contato direto com o Defensor Público do DF, Nicolau Rolim Jorge, que ingressará com o pedido de liminar nessa segunda-feira, 3. Eles aguardam a conclusão de um laudo de antropologia forense, exigido em casos de mortes violentas.

Como nesses casos a perícia é mais detalhada, a liberação dos restos mortais pode levar até uma semana. No entanto, Celso Araújo afirma que a Defensoria Pública do Estado do Acre e a do DF buscarão agilidade no processo para que a liberação ocorra o mais urgentemente possível.

O defensor Nicolau Rolim explicou, ainda, que somente após a conclusão do laudo de antropologia forense será possível obter a certidão de óbito e a guia de sepultamento exigidas para o enterro do menor.

O defensor acreano disse também que o Conselho Tutelar da cidade de Samambaia está em contato direto com a Defensoria Pública do Acre e com a família paterna do menor assassinado.

“Estamos desde ontem acompanhando este caso, com todo apoio do Governo do Estado, através da Casa Civil, que irá custear as despesas para o traslado dos restos mortais da criança, pois o nosso objetivo é agilizar o ingresso da liminar para que a família possa prestar as últimas homenagens à vítima”, frisou.

Durante toda manhã deste domingo a Defensoria do Acre esteve em contato com os familiares da criança e juntou os documentos necessários para dar prosseguimento às ações jurídicas de sua competência, inclusive a comprovação da guarda da criança por parte do pai.

A secretária de Estado de Assistência Social dos Direitos Humanos e Política para Mulheres, Claire Cameli, visitou a família paterna da criança na tarde deste domingo para oferecer apoio e fazer o acompanhamento necessário à família da criança por parte do Governo do Estado do Acre.

ACRE

Fumaça compromete partida do Campeonato Brasileiro no Acre; jogadores passam mal

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A partida entre Atlético Acreano x Luverdense, pela última rodada do brasileirão da série C, disputada na tarde deste domingo (25), no estádio Florestão, em Rio Branco, foi comprometida por causa da fumaça de uma queimada. Aos 25 minutos do primeiro tempo, uma densa cortina de fumaça invadiu o campo de jogo, reduzindo a visibilidade.

Jogadores passaram mal. Alguns usaram a camisa como máscara. A árbitra catarinense Charly Wendy Straub Deretti decidiu interromper a partida e os atletas foram atendidos por suas equipes médicas. A fumaça proveio de uma queimada no entorno do estádio que atingiu um bananal e produziu labaredas de cerca de dois metros, segundo o Corpo de Bombeiros.

Depois de quinze minutos de paralisação, a partida foi reiniciada, enquanto os brigadistas ainda tentavam debelar o fogo. “Está impossível trabalhar aqui mas cabines, imagine correr no campo”, observou o radialista Helton Lima, que trabalhava no jogo. As luminárias do estádio foram ligadas mesmo ainda estando de dia, numa tentativa de aumentar a visão dos atletas em campo.

Na última sexta-feira (23), o governador do Acre, Gladson Cameli, publicou um decreto de emergência por causas das queimadas e pediu apoio do governo argentino para combater os focos de incêndio no estado. Em maio passado, Cameli orientou produtores rurais a não pagaram multas aplicadas pelo Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac).

Nas redes sociais, o Major Falcão afirmou que o Corpo de Bombeiros, no local, tomou todas as providências cabíveis e afirmou que o incêndio não paralisou a partida. Esclarecendo que a partida de futebol no estádio Florestão não foi paralisada devido a fumaça. Aliás, não foi paralisada. Corpo de Bombeiros no local”, afirmou.

Atlético e Luverdense foram rebaixados para a série D.

Continue lendo

ACRE

Incêndio atinge área de vegetação na Baixada da Sobral

Alerta Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um incêndio foi registrado neste domingo (25), em uma área de vegetação localizada na Rua Tucanos, no Bairro Plácido de Castro, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.
Segundo uma moradora, o fogo começou no início da tarde e rapidamente se espalhou pela área. Até o fechamento desta matéria (16h30), o incêndio ainda não havia sido apagado.

O Corpo de Bombeiros ainda foi acionado para atender a ocorrência, mas, de acordo com a mulher, eles só olharam as chamas e foram embora.
“Talvez seja porque o carro não entra até o local, deve ser isso. Eles [bombeiros] foram até perto do fogo e depois voltaram”, informou a moradora.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?