NOSSAS REDES

BRASIL

CT do Flamengo passará por vistoria e poderá ser interditado

Agência Brasil, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, onde 10 jogadores morreram em um incêndio na última sexta-feira (8), passará amanhã (12) por vistoria de diversos órgãos. Dependendo do que for constatado, não está descartada nem mesmo a interdição total ou parcial do local. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (11), após uma reunião entre representabtres do clube, do Ministério Público (MP), da Defensoria Pública, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil e da prefeitura do Rio. Um incêndio no centro de treinamento do Flamengo, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, deixou dez mortos.

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, ressaltou que a diretoria do Flamengo assumiu todas as suas responsabilidades na tragédia e se comprometeu a dar todo tipo de acolhimento às famílias dos jogadores. Gussem disse que a vistoria no Ninho do Urubu poderá gerar até mesmo sua interdição total ou parcial.

“Iremos realizar, a partir de amanhã, perícias amplas no centro de treinamento, com todas as estruturas governamentais, para que possamos analisar em que condições se encontra o CT e se há necessidade de uma interrupção plena ou parcial das atividades. Iremos junto com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil, a prefeitura do Rio e o Ministério Público do Trabalho fazendo essas análises pormenorizadas”, disse Gussem, após a reunião.

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, fez um pronunciamento e saiu sem responder a perguntas de jornalistas. Ele reiterou que todos os esforços no momento são no sentido de amparar as famílias das vítimas.

“O foco principal é assistir às famílias. O clube, nesses dias, trouxe os familiares para o Rio. Colocamos psicólogos, não poupamos recursos para minimizar a dor e o sofrimento dessas pessoas. Falamos da nossa vontade de indenizar essas famílias o mais rapidamente possível, buscando com a Defensoria um processo de mediação, fazendo com que isso possa terminar o mais rápido possível. Pois, às vezes, os processos judiciais demoram muito tempo. Caso haja algum tipo de pendência para a manutenção do centro de treinamento, nós estaremos focados para corrigir isso no menor prazo possível”, disse Landim.

O procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro, Fábio Goulart Vilella, que também participou da reunião, disse que a entidade fará um esforço para fiscalizar todos os centros de treinamento no estado do Rio.

Uma nova reunião foi marcada para a próxima sexta-feira (15), para avaliar os resultados da perícia.

BRASIL

Anitta diz no Instagram que Brasil estaria melhor se governado por índios

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Anitta postou no Instagram, hoje, uma série de Stories falando sobre política, meio ambiente e principalmente protestando contra as queimadas no Mato Grosso e o desmatamento da Amazônia.
“Não estou aqui para falar de política. Não sou de esquerda, de direita. Não sou apoiadora de PT, de Bolsonaro. De ninguém. Inclusive, já que vocês gostam de dar audiência para coisa baixa, eu sou de quatro, de lado, de frente, de costas. Agora, esses negócios de, ‘apoia fulano, apoia ciclano’, isso não sou”, disse a cantora no Instagram.
Anitta retrucou aqueles que a criticaram por ter feito um buffet vegano em seu aniversário e tentar mostrar que é possível uma alimentação mais saudável que não necessite tanto de carne.
“Em vez de passar o tempo que a gente passa na internet falando mal dos outros, faz o seguinte: busca um pouco sobre isso [ajudar o meio ambiente]. Porque depois se acaba a nossa floresta, não vai ter feminismo, machismo, economia, dólar mais alto, mais baixo, mais para frente que resolva o fato de não ter oxigênio. Não me interessa se alguém tacou fogo, o que importa é a pessoa resolver a questão”.
“Se cada ser humano conseguir diminuir pelo menos metade do consumo de origem animal, já melhora muito o nosso impacto ambiental. Um dos maiores causadores do impacto ambiental não é a poluição, mas sim a agropecuária.”
Brasil na mão dos indígenas
Anitta defendeu que o Brasil estaria em melhores mãos se governado por índios e disse que, se um índio quisesse dormir em seu quarto, se sentiria “na obrigação” de atendê-lo, pelo fato de seus descendentes estarem em território brasileiro antes do descobrimento.
A cantora também defendeu que o problema na Amazônia afeta a todos. “Agora que o dia virou noite em São Paulo, vamos ver se vocês escutam a gente. (…) Não existe isso de fazendeiro achar que alguém pode ser dono da terra onde o indígena está morando. (…) A terra do nosso Brasil inteiro é do índio porque, quando (os portugueses) chegaram, quem estava aqui eram os indígenas. Daí, eles foram escravizados, roubados, invadidos, assassinados”.
“Se você for aplicar a lei do usucapião, de quem vai ser as terras? Do indígena. A terra é deles, amor. Se um indígena chegar na minha casa agora e pedir para dormir no meu quarto, eu vou me sentir na obrigação de abrir e dizer, ‘querido, entre’. Se você não é descendente de indígenas, como eu provavelmente não sou, você não pode dizer que a terra é sua”.

UOL

Continue lendo

BRASIL

Foto de satélite da Nasa mostra fumaceiro se espalhando pelo Brasil

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Nasa registrou a fumaça que encobriu cidades do Sudeste brasileiro nesta semana por meio do satélite Aqua. A agência espacial americana publicou a imagem no Flickr oficial do Goddard Space Flight Center.
O dia virou noite na cidade de São Paulo na última segunda-feira (19), quando, em plena tarde, a capital paulista precisou ligar a luz dos postes. Isso aconteceu como consequência de uma séries de fatores meteorológicos comuns à época do inverno somados à fumaça que atingiu a região Sudeste, após mais de duas semanas de queimadas na região amazônica, em especial nos estados do Acre e de Rondônia. As informações são do Canal Tech.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?