NOSSAS REDES

ACRE

Desembargador Francisco Djalma é eleito presidente do Tribunal de Justiça do Acre para biênio 2019-2021

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na mesma Sessão, os desembargadores Laudivon Nogueira e Júnior Alberto foram escolhidos, respectivamente, para os cargos de vice-presidente e corregedor-geral da Justiça.

A Corte de Justiça Acreana escolheu, nesta quarta-feira (31), os novos membros que integrarão a Administração do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) no biênio 2019-2021, durante sessão do Pleno Administrativo.

O desembargador Francisco Djalma foi eleito presidente; o desembargador Laudivon Nogueira, vice-presidente, e o desembargador Júnior Alberto, corregedor-geral da Justiça.

Na ocasião, foram eleitos ainda os novos presidentes das Câmaras Cíveis e Criminal, coordenador dos Juizados Especiais e o diretor da Escola do Poder Judiciário (ESJUD), além da escolha do membro titular na classe de desembargador para compor o próximo biênio no Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC). Todas as escolhas foram por unanimidade. Veja a lista abaixo da composição geral.

A presidente do TJAC, desembargadora Denise Bonfim, escolhida membro titular na classe de desembargador para o TRE-AC, ao anunciar o resultado, parabenizou os eleitos desejando felicidade e êxito em suas novas funções.

“Justiça de 1º grau será prioridade na nova gestão”, diz desembargador Francisco Djalma

Em seu pronunciamento, o desembargador Francisco Djalma agradeceu a confiança dos membros da Corte Acreana e ressaltou que a prioridade em sua gestão será o 1º grau da jurisdição.

“Farei o possível para dar o melhor de mim, pois meu compromisso será com o Poder Judiciário Acreano. Nossa prioridade será o 1º grau da jurisdição, mas também não esqueceremos do 2º grau. Será uma gestão compartilhada com toda a Corte”, ressaltou.

O vice-presidente eleito, desembargador Laudivon Nogueira, complementou enfatizando que, “fortalecer o 1º grau é fortalecer o 2º e que a sociedade é a ganhadora dos bons resultados alcançados”.

O desembargador Júnior Alberto, eleito corregedor-geral da Justiça, disse que dará continuidade aos serviços da Corregedoria-Geral, hoje na responsabilidade da desembargadora Waldirene Cordeiro. “Procurarei fazer da Justiça Acreana o espelho de boas práticas e merecedora de mais confiança”, disse.

Os desembargadores Samoel Evangelista e Roberto Barros, escolhidos para administrarem a Coordenadoria dos Juizados Especiais e a Esjud, respectivamente, agradeceram a confiança e parabenizaram os escolhidos para a nova gestão.

Veja a composição para o biênio 2019-2021

Presidência

Desembargador Francisco Djalma – presidente

Desembargador Laudivon Nogueira – vice-presidente

Desembargador Júnior Alberto – corregedor-geral da Justiça

1ª Câmara Cível

Desembargador Luis Camolez – presidente

Desembargadora Eva Evangelista

Desembargadora Denise Bonfim

2ª Câmara Cível

Desembargadora Waldirene Cordeiro – presidente

Desembargadora Regina Ferrari

Desembargador Roberto Barros

Câmara Criminal

Desembargador Elcio Mendes – presidente

Desembargador Pedro Ranzi

Desembargador Samoel Evangelista

ESJUD

Desembargador Roberto Barros

Coordenador dos Juizados Especiais

Desembargador Samoel Evangelista

Membro titular na classe de desembargador para TRE-AC

Desembargadora Denise Bonfim

Gecom TJAC

Comentários

Comente aqui

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat