NOSSAS REDES

Cruzeiro do Sul

Em Brasília, vítimas da explosão apresentam melhora e devem ter alta nos próximos dias

Os quatro pacientes, vítimas da explosão em barco no rio Juruá, que se encontram internados no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), em Brasília, apresentaram melhora e devem ter alta nos próximos dias. A informação é do presidente da Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), José Adorno, que dá suporte e acompanha o atendimento fora de domicílio das vítimas do acidente.

“São pacientes que sofreram queimaduras de 2º grau e que, ao chegarem em Brasília, receberam o atendimento necessário. Hoje estão em enfermaria, com quadro clinico estável e devem ter alta em breve”, informou Adorno.

Em Goiânia, Jucicleia Ferreira da Silva, 42 anos, recebeu atendimento. O estado clínico também é estável. Em Belo Horizonte, no Hospital João XXIII, estão internadas outras seis pessoas. Antônio José de Oliveira da Silva, 33 anos; Valdir Torquato da Silva, 51 anos; Francisco Luna dos Santos, 46 anos; José Ortenízio Souza da Conceição, 39 anos; Umberto da Conceição de Oliveira, 38 anos, e o menino P.V.F.S., de 4 anos.

A criança passou por dois procedimentos cirúrgicos, segue com o tratamento contra a pneumonia iniciado no Acre. Com boa evolução, o quadro clínico segue estável. O paciente Umberto da Conceição, que fez o primeiro procedimento para o tratamento das queimaduras é o que apresenta melhora mais significativa. Entres os adultos internados no João XXIII, um foi submetido à cirurgia nesta sexta-feira. Outras duas cirurgias estão programadas para sábado e segunda-feira, 17. Apenas um paciente ainda está em estado gravíssimo.

Tratamento Fora de Domicílio

O acidente aconteceu na última sexta-feira, 7, quando uma embarcação ancorada no Rio Juruá, na região do bairro Miritizal, em Cruzeiro do Sul, era preparada pra transportar combustíveis e pessoas para os municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. Ao todo, 18 pessoas ficaram feridas, a maioria em estado grave e gravíssimo.

Em ação articulada e colaborativa com a Sociedade Brasileira de Queimados (SBQ), Presidência da República, Força Aérea Brasileira, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e toda a rede integrada do Sistema Único de Saúde, o governo do Acre iniciou os procedimentos para o atendimento em centros especializados.

Os pacientes que apresentavam quadro clínico favorável começaram a ser transferidos na segunda-feira, 10. Seis foram levados para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, um foi transferido para unidade de referência em Goiânia e quatro para Brasília.

Proprietário do barco presta depoimento

Em Cruzeiro do Sul, a Polícia Civil segue com a investigação para esclarecer as causas do acidente. Conforme relatos das doze testemunhas já ouvidas pelo delegado Lindomar Ventura, responsável pela investigação, uma fagulha na bateria do motor, em contato com o combustível teria provocado a explosão do barco.

Nesta sexta-feira, 15, o proprietário do caminhão, que dirigia o veículo no momento em que o barco era abastecido com combustível, prestou depoimento. À polícia, o motorista disse que não sabia que no barco havia outras pessoas, além da tripulação, e afirmou que todos os procedimentos de segurança recomendados para a operação foram tomados.

Ainda segundo a polícia, o motorista do caminhão é devidamente habilitado para Movimentação de Produtos Perigosos (MOPP) e o veículo registrado na distribuidora para transportar combustível.

Cruzeiro do Sul

Homem é acorrentado pela própria esposa em ponto de vans no Acre enquanto ela faz compras

Juruá em Tempo, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Uma cena bastante inusitada tem chamado a atenção da população em Cruzeiro do Sul. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um homem visivelmente embriagado preso por correntes e um cadeado em um dos pilares da parada de vans, localizado no centro da cidade.

No vídeo, uma pessoa chega a informar que o homem foi amarrado pela própria esposa, enquanto a ela fazia compras. A identidade do homem ainda não foi descoberta, mas seu vídeo já circula em muitos grupos de WhatsApp.

Continue lendo

Cruzeiro do Sul

Explosão do barco em Cruzeiro do Sul completa um mês

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O delegado Lindomar Ventura, que investiga a explosão do barco ocorrida no dia 7 de junho, no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, disse que vai pedir mais prazo para conclusão do Inquérito Policial e o envio para o Ministério Público Estadual. Dos 18 feridos, 5 morreram, 3 permanecem internados e os demais tiveram alta.
Para o delegado, agora que os os feridos no incêndio estão tendo alta médica em Brasília e Goiânia e voltando para casa no Acre, ” ouvir todos os sobreviventes é fundamental para esclarecer os fatos”, cita ele, sem dar nova data para a conclusão do Inquérito.
Até agora o delegado já ouviu mais de 15 pessoas que estavam no local da explosão ou que tenham algum tipo de envolvimento no acidente e pretende escutar o máximo de sobreviventes da tragédia.
Ventura já concluiu que a explosão ocorreu enquanto o barco, com os passageiros dentro, era abastecido com 5 mil litros de combustível e que na hora houve o manuseio inadequado de uma bateria, o que produziu as faíscas que causaram a explosão.
O delegado também recebeu denúncia de que o verdadeiro dono do combustível seria um vereador de Marechal Thaumaturgo, Amadeus do PT.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )