NOSSAS REDES

Tecnologia

Estudantes roubaram US$ 1 milhão da Apple com golpe do iPhone falso

Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Dois estudantes de engenharia chineses, que moravam no estado do Oregon, nos EUA, conseguiram uma façanha impressionante. Eles orquestraram uma sequência de golpes contra a Apple que conseguiu roubar quase US$ 1 milhão da empresa em iPhones. Para isso, eles abusaram da assistência técnica da empresa.

O esquema começou em 2017, com o contrabando de milhares de iPhones falsificados da China para os EUA, como relata o site The Oregonian. Os estudantes levavam os aparelhos até a assistência alegando que os dispositivos não funcionavam, esperando um reparo ou a substituição do aparelho. Em muitos casos, a Apple forneceu um celular novo e verdadeiro no lugar do falsificado. Foram 3.069 solicitações, e a Apple acabou fornecendo 1.493 iPhones originais no lugar dos falsos.

O esquema era consideravelmente elaborado. A acusação aponta que Yangyang Zhou era o responsável por trazer os aparelhos falsos da China, enquanto seu parceiro, Quan Jiang, levava os aparelhos até a Apple, fazendo o contato pessoalmente ou pela internet. Quando a Apple retornava um aparelho verdadeiro, os dispositivos eram levados novamente para a China, onde eram vendidos, e o dinheiro era transferido para a mãe de Jiang, que enviava a quantia de volta para os EUA.

Como a Apple caiu nesse golpe? A explicação é que os funcionários da empresa não conseguiam verificar a autenticidade dos aparelhos pelo fato de que eles não ligavam. Os golpistas alegavam que o dispositivo estava sob garantia, e aparentemente a Apple não pedia uma prova de que o produto havia sido comprado de forma regular.

A Apple chegou a notificar os dois diretamente com uma ordem para que eles parassem com a prática, afirmando que sabia que Jiang estava importando aparelhos falsificados entre junho e julho de 2017, mas essas notificações nunca foram respondidas.

Nenhum dos dois foi preso até o momento e alegam não saber que os aparelhos que vinham da China eram falsificados. Apesar de estarem em liberdade, ambos respondem a processos pelas ações: Yangyang Zhou é acusado pela exportação ilegal de produtos, enquanto Quan Jiang responde por tráfico ilegal de produtos falsificados e fraude eletrônica.

Informações de olhar Digital 

Comentários

Comente aqui

BRASIL

Novo modelo de RG pode substituir a carteira de habilitação?

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Depois de passarem por remodelação, os novos documentos de identidade (o popular RG), já começaram a ser emitidos em São Paulo. Dentre as principais mudanças do novo modelo, está a inclusão do título de eleitor, carteira de trabalho, carteira de habilitação e outros documentos.
A inclusão dos dados referentes a outros documentos gerou dúvidas nos moradores do estado. Uma das principais dúvidas levantadas desde o anúncio da novidade é se o novo modelo do RG pode substituir a carteira de habilitação .
Apesar de incluir o número da CNH do titular do documento, o novo RG não substitui a carteira de habilitação. Ou seja, seguindo as determinações do Código de Trânsito, todos os motoristas devem estar portando a carteira de habilitação enquanto estiverem conduzindo algum veículo.

O novo modelo
O novo modelo do documento de identidade começou a ser emitido em São Paulo no último dia 20. As demais unidades da Federação têm até março de 2020 para também passar a emitirem o novo RG.
Além de conter as informações da CNH e de outros documentos, o novo RG também pode apresentar indicativos de necessidades especiais, tipo sanguíneo e conta com um QR Code que contém as informações do documento.
Leia também: Procuradoria e AGU anunciam novo acordo de R$ 1 bilhão para Amazônia
Mesmo com o novo modelo sendo emitido, a antiga versão do RG continua valendo. Para emitir o documento, basta agendar o atendimento pela internet ou pelo telefone e comparecer a uma unidade do Poupatempo

Continue lendo

BRASIL

WhatsApp está novamente banindo utilizadores; entenda

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

WhatsApp começou a banir utilizadores com iPhones desbloqueados que alterem o funcionamento padrão do aplicativo de mensagens, revelou o site ‘Olhar Digital’.
Em uma publicação no Twitter (abaixo) é divulgada a mensagem que está supostamente aparecendo pelos utilizadores sobre as suspensão das contas. Vale lembrar que os utilizadores de iPhones desbloqueados por si só não são o alvo desta iniciativa da empresa, pelo que só serão banidos aqueles que tenham feito alterações ao aplicativo.
Esta não é a primeira vez que o WhatsApp inicia uma ‘guerra’ contra os utilizadores de versões alteradas do app de mensagens, pelo que já no passado baniu os que utilizem apps não-oficiais como o WhatsApp BG e o WhatsApp Plus.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp WhatsApp Notícias