NOSSAS REDES

ACRE

Fisiculturista acusa delegado de distorcer depoimento para conseguir prisão de médico Giovanni Casseb

Folha do Acre, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A atleta de fisiculturismo, Thauana Oliveira e Costa, paciente do médico Giovanni Casseb, esteve na tarde desta quarta-feira (31) na Corregedoria de Polícia Civil para denunciar o delegado Pedro Resende, titular da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), pela acusação de ter distorcido o depoimento dela no caso que resultou na prisão do médico Casseb, acusado de fazer parte de uma rede de venda ilegal de anabolizantes.

Thauana afirma que Pedro Resende distorceu e acrescentou trechos inverídicos no depoimento dela para fazer parecer que Casseb a estava coagindo e assim o juiz conceder o pedido de prisão temporária do médico.

A atleta prestou depoimento na manhã desta quarta-feira onde foi feito uma espécie de acareação entre o depoimento que ela prestou no dia 12 de julho ao delegado Pedro Resende e o documento que ele usou para embasar o pedido de prisão temporária do médico.

“Nunca disse que fui coagida, disse que conversamos na noite anterior e que falei ao doutor Giovanni que estava tranquila e que diria a verdade, que ele não fazia nada de errado e que sou atleta de fisiculturismo e que os únicos remédios que ele me passou foram remédios legais. Até as receitas eu entreguei no processo. Ele nunca me receitou hormônios ilegais não e eu disse isso no depoimento ao delegado Pedro Resende que distorceu tudo para conseguir elementos para que o juiz determinasse a prisão”, diz.

Thauana afirma que Pedro Resende agiu de forma tendenciosa e arbitrária para forjar depoimentos que lhe fosse conveniente.

“Na representação de prisão preventiva dele, ele, Pedro Resende, distorceu totalmente os fatos, ele colocou que o Giovanni tinha me coagido, que tinha ligado para as testemunhas, que ele pediu para eu não falar que eu tinha pedido para passar anabolizantes. Eu nunca disse isso. Ele foi tendencioso”, diz.

O argumento apresentado por Pedro Resende com relação a Thauana surtiu efeito e foi acatado pelo Judiciário que decretou a prisão de Giovanni Casseb justificando que ela serviria para evitar que o médico coagisse ou intimidasse testemunhas.

“Assim verificado indícios veemente de autoria e materialidade, constatado ainda a influência do investigado no ânimo das testemunhas e uma evidente obstrução ao trabalho investigativo e judicial, foi deferida a prisão temporária de Giovani Bady Casseb, por 30 dias”, diz decisão judicial.

Vesão do delegado

À reportagem da Folha do Acre o delegado Pedro Resende garantiu que agiu dentro da legalidade, que não houve alteração ou distorção no depoimento de Thauana.

“Ela leu e assinou, portanto sabe o que tinha no depoimento. Eu tenho 10 anos como delegado de polícia, com seis anotações de elogio e jamais precisaria usar de algo escuso para cumprir meu trabalho. Vou pedir a perícia do documento”, diz.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Conscientização e cuidado: OAB/AC promove campanha ‘Assédio não é Folia’

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC) atendeu ao pedido das advogadas e desenvolveu a campanha “Assédio não é Folia”, com o objetivo de levar diversas informações e alertar para medidas preventivas contra o assédio sexual durante a celebração do Carnaval, que este ano vai de 21 a 25 de fevereiro nas cidades acreanas.

Além de pedir para que as mulheres tenham cuidado e denunciem esse crime, a ação tem como foco principal os homens. Eles serão inteirados sobre a Lei de Importunação Sexual (nº 13.718/2018), popularmente conhecida como a Lei do Não é Não; as consequências de tomarem atitudes inapropriadas em relação à mulher e motivados a mudar hábitos machistas do dia a dia.

O projeto é desenvolvido pela Diretoria da Seccional acreana em parceria com as comissões da Mulher Advogada (CMA) e da Jovem Advocacia (CJA). Segundo a vice-presidente da OAB/AC, Marina Belandi, entre as ações realizadas estão a entrega de folhetos informativos para a população em geral, e orientações jurídicas aos cidadãos, além de outras ações.

Comissões da Ordem lançam campanha em academia de Rio Branco. Foto: Luan Cesar

“Este projeto é desenvolvido com carinho e cuidado por muitas mãos. Além da Diretoria, da Comissão da Mulher Advogada e da Comissão da Jovem Advocacia, essa atividade conta com a participação de todas as conselheiras seccionais e federais que integram a Ordem. É um esforço conjunto para mostrarmos que esse tipo de comportamento é inadmissível”, diz a vice-presidente.

Para a presidente da Comissão da Mulher Advogada, Isnailda Gondim, a campanha serve como alerta à sociedade. “No período de Carnaval são intensificadas cenas de beijo roubado ou forçado, passar a mão, encoxar, cantadas invasivas, e tudo isso são exemplos de importunação sexual. São condutas graves que muitas mulheres adquirem estresses pós-traumáticos e doenças como pânico, por isso a importância dessa ação preventiva. A violência contra a mulher é um problema meu, seu e de todos nós”, destacou.

O lançamento oficial da campanha foi realizado nesta terça-feira, 18, na Mais Academia, em Rio Branco. O local foi escolhido devido ao frequente assédio às mulheres em espaços destinados à prática de atividades físicas. Outras ações serão realizadas antes e durante os dias de festa. “O intuito é orientar e conscientizar sobre o respeito que se deve ter com as mulheres. Isso é extremamente importante. Não é não, depois disso tudo é assédio”, finalizou a vice-presidente, Marina Belandi.

Continue lendo

ACRE

Governo divulga resultado final das isenções do concurso para o Idaf

Folha do Acre, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) divulgaram na edição do Diário Oficial desta segunda-feira, 17, um edital com as respostas aos recursos e o resultado final das isenções deferidas e indeferidas referentes ao concurso público para a formação de cadastro de reserva do Idaf.

O concurso será realizado pelo Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade). As inscrições devem ser feitas no site do Ibade até o dia 19 de fevereiro. As provas objetivas e discursivas serão aplicadas no dia 15 de março.

O prazo de validade do certame é de dois anos, a contar da data da publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período.

Os candidatos poderão obter informações gerais referentes ao processo seletivo no site www.ibade.org.br ou por meio dos telefones: 0800 668 2175, (21) 3674-9190/3527-0583 – Rio de Janeiro, ou pelo e-mail atendimento@ibade.org.br

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias