NOSSAS REDES

ACRE

Força-tarefa completa 10 dias no Calafate sem registros de violência

Lilia Camargo/ASCOM SEJUSP, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A força-tarefa iniciada pelo Sistema Integrado de Segurança Pública em 23 de março na região do Calafate, completou nesta sexta-feira (03), dez dias ininterruptos. Continuam sendo desencadeadas entre os bairros, ações com reforço do policiamento, abordagens, revistas, trabalhos de integração social e monitoramento pelo Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER).

Com o conflito entre organizações criminosas na disputa pelo território de atuação para o tráfico de drogas, foram elevados os índices com execuções e tentativas de homicídios no mês de março, sendo necessárias intervenções mais enérgicas para o controle dos índices criminais na região. A contar do início dessas ações, não foram mais notificados casos com violência entre o complexo de bairros do Calafate.

Todos os dias, são direcionados dioturnamente, homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope), para dar reforço ao Batalhão de area juntamente com o apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas que realiza através do uso do helicóptero Harpia 01, o monitoramento aéreo dos pontos estratégicos de atuação da polícia nas manchas criminais.

O Coronel Cleiton Almeida, responsável pelo sobrevoo com o helicóptero na região, explica como são desencadeadas as atividades. “Durante esse período em que estamos no Calafate, a população pôde sentir a nossa presença realizando o sobrevoo da área e a intervenção das viaturas pelo solo através da Polícia Militar. As vias são fechadas os acessos são bloqueados, é feita a abordagem dos transeuntes e a aeronave promove a ostensividade e Segurança das equipes que estão em solo. Dessa forma acredito que estamos devolvendo a sensação de segurança para o povo do Calafate e região”, disse o Coronel.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat