NOSSAS REDES

CRIME

Jordão: Polícia Militar e polícia civil em ação

Redação do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Denuncias anonimas levaram a Guarnição de Serviço com o apoio da policia civil, lograram êxito com a captura de dois mal feitores da zona rural do município, F.S.M. de 18 anos (vulgo Jailton), e V.P.S, de 16 anos (vulgo Rocho), os mesmos estavam e roubavam as colônias do município ao todo foram:
📌09 espingardas com 22 cartuchos intactos e 14 cartuchos deflagrados.
📌01 uma faca tipo punhal.
📌01 terçado com bainha.
📌01 celular Samsung (Duos). 01 celular Galaxy J5.
📌01 celular LG simples pequeno.📌

Através da investigação, descobriu que um dos assaltantes estava em uma casa conhecida pelos militares, que de imediato foram até o local, quando o mesmo viu a guarnição tentou pular a janela, mais com o apoio do Apc foi capturado e preso.

O mesmo foi encaminhado a delegacia de Polícia local para os procedimentos legais cabiveis.

Que responderão pelos atos ilegais praticados.

CRIME

Corpo carbonizado e em decomposição é achado em área de mata próxima a aldeia no Acre

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Suspeita é que corpo seja de José Lima, de 27 anos, segundo informou a mãe dele, Raimunda Evarista Lima.

Um corpo carbonizado e em estado de decomposição foi encontrado em uma área de mata, na tarde desta terça-feira (11), a pelo menos três quilômetros da Aldeia Morada Nova, em Feijó, no interior do Acre.

A Polícia Militar foi acionada pelo cacique da aldeia, após o corpo ser encontrado. A suspeita é que seja de José Lima, de 27 anos, segundo teria informado a mãe dele, Raimunda Evarista Lima.

A PM disse que, ao chegar no local, a mãe do jovem já estava lá junto com outros moradores da aldeia e contou que o último contato com o filho tinha sido no domingo (9), por volta das 10 horas.

A mulher falou à polícia que ela tinha saído para ir à cidade fazer compras e, quando retornou, outros moradores da aldeia disseram que Lima tinha saído correndo e apresentava sinais de embriaguez ou que estava sob efeito do uso de entorpecentes. Ele estava gritando e entrou na mata, na mesma direção de onde o corpo foi encontrado.

Após ouvir a mãe de Lima, a PM acionou o Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul, que fez o resgate do corpo e levou para fazer os exames cadavéricos.

Continue lendo

CRIME

Família é sequestrada no interior do Acre e mantida refém por 9 horas

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Sequestro ocorreu por volta das 13 horas na casa. Suspeitos renderam a família de seis adultos e uma criança de 10 anos.

capa: Família é sequestrada no interior do Acre e mantida refém por 9 horas — Foto: Reprodução: Google street wiew.

Uma família de sete pessoas foi sequestrada na tarde deste domingo (9) e ficou pelo menos 9 horas mantida como refém. O sequestro ocorreu no Ramal Samaúma, no km 25 entre os municípios de Acrelândia e Plácido de Castro, no interior do Acre.

O sequestro ocorreu por volta das 13 horas quando os criminosos entraram na casa e renderam a família de seis adultos e uma criança de 10 anos, segundo o relato de um familiar que preferiu não ser identificado.

As vítimas foram colocadas em dois carros que pertenciam à família e levados pelos bandidos.

Logos após a ação, vizinhos que viram os carros saírem em alta velocidade foram até a casa e, quando não encontraram ninguém e o local revirado, entraram em contato com familiares que fizeram uma mobilização por meio das redes sociais em busca de informações.

O delegado Samuel Mendes, que investiga o caso, contou que o contato com a polícia foi feito por um familiar que mora em uma fazenda que fica perto da propriedade onde o sequestro ocorreu.

“Um dos parentes ligou para a polícia e disse que estava sentindo a falta de alguns parentes que são de uma fazenda próxima e foi comunicada à Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Por volta das 21 horas recebemos a informação de que a família já tinha sido liberada. Foram subtraídos os veículos e a quantia de R$1 mil”, disse o delegado.

O familiar informou que após 9 horas do sequestro as vítimas foram encontradas amarrados no mesmo ramal sobre a segunda ponte do Igarapé Santa Helena.

“Hoje, nós vamos entrar em contato e estar ouvindo, colhendo informações destas pessoas. Eles apareceram ontem à noite e, às vezes, as próprias vítimas querem primeiro esfriar a cabeça”, acrescentou Mendes.

O delegado disse que possui algumas informações sobre a suspeita de quem são os criminosos, mas não pode adiantar para não atrapalhar as investigações.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias