NOSSAS REDES

OPINIÃO

Não sei administrar um negócio. Consigo abrir uma empresa?

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Por Cláudio Cohol

A ideia de abrir um próprio negócio ronda o seu campo mental e, para isso, você está propenso a usar as reservas que tem, aquele dinheiro que receberá do FGTS, da rescisão de trabalho; ou até pegar um empréstimo no Banco? Sinal amarelo! Devido a transição de Governo, que está prestes a acontecer, é preciso ficar atento e ter alguns cuidados.

Nesse momento, em que estamos entre muitas mudanças, tanto economicamente quanto politicamente, a não ser que você já tenha um plano bem definido e estruturado para se lançar no mercado, e esteja na área atuante que pretende investir, conhecendo o setor e suas suscetibilidades, é possível delimitar uma estratégia e usá-la para alavancar e estabelecer-se como pessoa jurídica com sucesso.

A partir desse cenário, no qual o empreendedor tem um ponta pé inicial, é muito importante ter a assistência ou consultoria de um profissional para que tudo fique bem claro e definido na sua cabeça, e assim evitar as contrariedades, famosos aborrecimentos, que muitos de nós, empresários, estamos suscetíveis. Afinal, investir hoje requer colocar todas as ideias no papel, dedicar-se com total profissionalismo, discutir inovações, orçamentos, planilha de funcionários, equipamentos, tecnologia…

Observo, no setor em que atuo, logística, e na administração de outras empresas por meio da Cohol, que existem os que se aventuram em um novo negócio, apenas porque hoje virou moda essa palavra, assim como a “febre” das startups. Claro, que muitas delas, perceberam a necessidade do consumidor, do mercado em que atuam, e usaram de maneira exemplar a criatividade para apresentar inovações em diversos setores no mercado. Inclusive, esse estilo de negócio, transformou, e ainda está transformando, os hábitos de consumo da sociedade, uma vez que trazem maior economia, conforto e segurança para os usuários.

Um exemplo, é a área de beleza, que oferece a praticidade para mulheres e homens, ao ter como aliado os diversos aplicativos para unha, cabelos, maquiagem – faça tudo sem sair de casa. Com apenas um clique, ache um profissional perto de você. E, para isso, quem quer investir nesse segmento, precisa enxergar a necessidade dele, como no caso da Diamonds, que viu uma oportunidade de criar produtos diferenciados para o uso exclusivo de profissionais de beleza.

No entanto, é preciso tomar o algumas precauções antes de lançar-se de corpo e alma num negócio. A dica é preparar-se e se informar, conhecer a fundo o que pretende empreender, sem esquecer que há empresas especialistas em consultoria, que podem auxiliar no percurso para o sucesso do empreendimento. Além disso, há inclusive instituições como o Sebrae, no qual se pode consultar antes, principalmente, de colocar a mão no bolso.

Comentários

Comente aqui

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat