NOSSAS REDES

CRIME

No interior do Acre, homem é denunciado por bater com rodo em enteado de 6 anos

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Padrasto foi filmado batendo na criança. Caso ocorreu na última quinta-feira (20). Padrastro foi filmado batendo no menino de seis anos Reprodução Um homem de 28 anos foi denunciado após ter sido filmado espancando seu enteado com um rodo, como punição porque a criança que estava com problemas intestinais e teria feito cocô na roupa. As informações foram repassadas e confirmadas ao G1 pelo delegado que investiga do caso, Alexnaldo Batista. O ato de agressão contra o menino de 6 anos ocorreu na última quinta-feira (20), em Cruzeiro do Sul. Um vídeo, que viralizou na internet, mostra o garoto aos prantos com as fortes batidas do homem que se demonstra muito furioso. De acordo com o delegado, a criança leva várias pancadas na cabeça e fica em desespero. As agressões são fortes e revoltaram até mesmo o delegado, que apurou que o menino tem problemas psicológicos e já tinha sido vítima do padrasto por diversas vezes. “É um vídeo chocante que causa até uma certa repulsa, porque são agressões fortes. No dia das agressões, a criança estava com diarreia e, por ter feito necessidades na roupa, esse cidadão pegou a criança pelo braço e a agrediu. Antes, foi informado pela própria criança que ele já tinha colocado ela de joelhos sobre caroços de milho e feijão e que já era uma prática constante desse padrasto”, disse Batista. A polícia não revelou quem fez as gravações, que foram enviadas ao pai do menino e publicadas nas redes sociais. O padrasto foi procurado pela polícia e não foi localizado, mas se apresentou na delegacia no mesmo dia em que agrediu o menino. Segundo o delegado, o homem confessou as agressões e alegou que seria uma forma de disciplina para o menino. “Ele será indiciado, mas, infelizmente, ele não foi preso em flagrante tendo em vista ter se apresentado na delegacia, o que descaracteriza esse tipo de prisão, mas, o procedimento vai ser encaminhado ao Judiciário que vai julgar esse caso”, afirmou o delegado. De acordo com a polícia, o suspeito foi indiciado por crime de tortura e violência doméstica de terá um pedido de prisão preventiva contra ele enviada à Justiça. Se for condenado, o padrasto pode receber pena de 2 a 8 anos de prisão. Homem bateu na criança com um rodo, segundo a polícia Divulgação

Comentários

Comente aqui

ACRE

Polícia Militar de Cruzeiro do Sul apreende menor com 5 armas de fogo

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

No final da tarde desta terça-feira, 1, a guarnição GIRO da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul, em patrulhamento no Trapiche, bairro da Lagoa, apreendeu um menor com cinco armas de fogo e munição.
A equipe  fazia ronda no local quando viu o menor em atitude suspeita, que ao perceber a aproximação da guarnição policial, empreendeu fuga em direção a uma residência, onde foi alcançado pela equipe.

De acordo com o comandante do 6° Batalhão, Major Evandro Bezerra, informações da inteligência policial identificaram antecedência criminal do menor, “que pertencente  a uma  organização criminosa que atua naquele local

Continue lendo

CRIME

Polícia já tem nomes de suspeitos de assassinar jovem encontrado no cemitério

Juruá em Tempo, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Civil investiga o caso do homicídio de Claudenilson Souza da Conceição, de 21 anos, encontrado morto no cemitério de Cruzeiro do Sul na segunda-feira, 30. O corpo apresentava perfurações de tiros.
Segundo o delegado Lindomar Ventura, a polícia já trabalha com nomes de alguns suspeitos.
“Não dá para adiantar nada em relação a isso. Há alguns nomes que foram citados, inclusive, por pessoas que tiveram com ele pouco tempo antes. Não dá pra apontar quantos suspeitos. A equipe está trabalhando. Temos testemunhas, mas precisamos apurar mais”.
O delegado destaca que a polícia aguarda mais informações do IML para fechar a investigação.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Fale conosco