NOSSAS REDES

ACRE

Obra da ponte sobre o Rio Madeira avança e e conclusão já é prevista para junho

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Cumprindo ordens expressas do governador Gladson Cameli, o secretário de Estado de Infraestrutura, Thiago Caetano, visitou na manha desta terça-feira (16), as obras de construção da ponte em concreto sobre o rio Madeira, que vai substituir o incipiente serviço de balsas na travessia de veículos entre os territórios dos estados do Acre e Rondônia. Trata-se da maior obra de engenharia civil atualmente em execução na região amazônica brasileira – ficando em segundo lugar apenas em relação à ponte sobre o rio Negro, em Manaus (AM), que é de quatro mil metros, enquanto a obra sobre o rio Madeira tem 1084 metros de comprimento por oito de largura, o que permitirá o tráfego de veículos em fila dupla, nas duas pistas, nos dois sentidos.

De acordo com o secretário Thiago Caetano, a determinação de Gladson Cameli é para que ele acompanhe a obra, principalmente agora que os trabalhos entraram na reta final. “Como um dos grandes interessados na obra, o governador acompanha os trabalhos aqui desde seu início, fazendo gestões, ainda como senador da República, junto ao governo federal, para que a obra não sofresse qualquer tipo de paralisação do contingenciamento de recursos, mesmo com toda a crise econômica e financeira que o país atravessa”, disse Caetano. “Agora, como governador, ele continua pessoalmente acompanhando o andamento da obra junto ao governo do presidente Jair Bolsonaro com o interesse de que a obra seja concluída o mais rápido possível”, disse o secretário.

A missão de Thiago Caetano com a visita às obras é a produção de um relatório minucioso. “Até setembro será possível a inauguração”, disse Caetano.

Dos 1084 metros de extensão, que não são em linha reta, com curvas e rampas onduladas, faltam apenas em torno de 80 metros para a conclusão. As obras andam em média dez metros por semana, o que permitiria uma previsão de conclusão das obras físicas para o mês de junho. O problema a impedir a inauguração total no meio do ano foi a inundação do rio na grande alagação do inverno amazônico de 2015, o que levou a engenharia a redimensionar a altura dos aterros nas duas cabeceiras, principalmente na parte que fica numa área alagadiça na margem direita do Abunã. Isso obrigará a elevação dos acessos à ponte nas duas cabeceiras.

O redimensionamento da obra e aumentos em insumos alteraram os valores originais. De R$ 153 milhões originalmente previstos, a obra devera consumir pelo menos mais R$ 30 milhões, cujos recursos assegurados pelo Ministério de Infraestrutura. “O governo federal deu garantias ao governador Gladson Cameli que os recursos serão liberados”, disse Caetano.

Comentários

Comente aqui

ACRE

MS suspende parcerias para produção de medicamentos

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Ministério da Saúde informou nessa terça-feira (16) que 19 parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) estão em fase de suspensão. As parcerias foram firmadas para a produção de medicamentos como insulina, usada para diabetes, e pramipexol, usado no tratamento de doença de Parkinson.

Segundo a pasta, as parcerias estão em fase de suspensão, entre outros motivos, por falta de avanços esperados; por falta de investimento na estrutura; por desacordo com o cronograma; por solicitação de saída do parceiro privado; pelo não enquadramento de um projeto como PDP; por decisão judicial; e, por recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria-Geral da União (CGU).

Esse tipo de parceria tem quatro fases. A primeira é a proposta para avaliação; a segunda é o desenvolvimento do projeto, com elaboração dos contratos entre parceiros, treinamento, desenvolvimento da estrutura e qualificação dos processos de trabalho; a terceira é a transferência efetiva de tecnologia e início da aquisição do Ministério da Saúde; e, a quarta, a verificação da internalização da tecnologia.

De acordo com a lista divulgada pelo ministério, cinco parcerias estavam na terceira fase. As demais estavam na segunda fase ou anterior.

O Ministério da Saúde garante, em nota, que a população não será afetada. “Para garantir o abastecimento da rede, o Ministério da Saúde vem realizando compras desses produtos por outros meios previstos na legislação. A medida, portanto, não afeta o atendimento à população. A maior parcela das PDPs em fase de suspensão sequer chegou a fase de fornecimento do produto”, diz a nota.

AGAZETA.NET

Continue lendo

ACRE

Secretária no Governo Tião Viana assumirá Diretoria de Comunicação do Tribunal de Justiça

Acjornal, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A jornalista Andrea Zillio será anunciada diretora de Comunicação do Tribunal de Justiça do Acre.

A jornalista respondeu pela Comunicação Social do Governo Tião Viana (PT) até dezembro de 2018. Tem atuação discreta e O atual assessor de imprensa do TJ, o cearense Paulo Sérgio, será deslocado ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Na corte eleitoral, a divulgação institucional estava a cardo da jornalista Renata Brasileiro, por muitos anos. A moça, no entanto, já não responde pelo TRT há alguns dias, desde que foi nomeada em cargo de diretoria na Secretaria de Comunicação do Governo do Acre.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )