NOSSAS REDES

ACRE

PF começa perícia em prédio do Ifac que teve pavilhão consumido pelo fogo no interior do AC

PUBLICADO

em

Uma equipe da PF foi para Cruzeiro do Sul para fazer a perícia no prédio do Instituto Federal do Acre (Ifac), que teve parte consumida pelo fogo na terça-feira (30).

Na manhã desta quinta-feira (2), os peritos da PF, que saíram de Rio Branco, coletaram material e fizeram uma investigação no local para produzir o laudo que deve apontar a causa e origem do incêndio.

O trabalho de apuração dos peritos foi acompanhado pelo comando do Corpo de Bombeiros e pela direção do Ifac. A equipe da PF fez vistoria nas salas afetadas pelo fogo e nos resíduos dos equipamentos consumidos pelas chamas.

“Vamos fazer uma comparação de como o prédio era, com imagens antigas, para verificar a localização das peças, dos possíveis iniciadores do incêndio e, em última instância, apurar se foi um incêndio criminoso ou acidental”, disse o perito Roberto Ferraz.

Pavilhão do Ifac foi completamente consumido pelo fogo em Cruzeiro do Sul — Foto: Rodrigo Marciente/Arquivo pessoal

De acordo com a PF, o laudo deve ser concluído em um prazo de 30 dias. Além de coletar material, a equipe também ouviu servidores e a direção do Ifac.

“Não existe expectativa de muito tempo para concluir esse laudo, mas vamos precisar ter acesso aos documentos do prédio e ao máximo de informações para tentarmos entender cientificamente o que aconteceu. Estamos no início do exame e ainda não há nenhuma evidência específica e conclusiva até esse momento”, explicou o perito.

Prejuízo ultrapassa R$ 1,5 milhão, segundo direção do Ifac — Foto: Rodrigo Marciente/Arquivo pessoal

Um pavilhão do Ifac foi destruído pelo incêndio. No local ficavam as salas de música, atendimento, dos professores, diretor, além do almoxarifado. A direção da unidade estima que o prejuízo ultrapasse R$ 1,5 milhão.

No momento do incêndio os alunos estavam em sala de aula e havia servidores no local atingido pelo fogo, mas o prédio foi evacuado rapidamente e não teve nenhuma vítima

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat