NOSSAS REDES

ACRE

Polícia Militar prende dupla acusada de ameaçar moradores de Comunidade na BR 317 de Brasiléia

PUBLICADO

em

Uma guarnição da Polícia Militar do 10º Batalhão do Alto Acre, foi deslocada para a comunidade do Incra, localizada no km 26 da BR 317 (Estrada do Pacífico), afim de averiguar uma denuncia de dois indivíduos que estariam tirando o sossego dos moradores.
Segundo foi levantado, Sebastião da Silva Gonzaga e Samuel Estevam de Carvalho, que se dizem participar de uma facção criminosa, teriam invadido uma residência na Comunidade, colocaram dois adolescentes e uma mulher de joelhos sob a mira de uma escopeta e uma pistola de pressão, dizendo que iriam matar algumas pessoas.
A dupla estaria levando terror na comunidade pelo medo, mas foram denunciadas às autoridades que resolveram realizar um cerco para prende-los e tirar de circulação. Em uma busca rápida no Ramal Cajazeira, o acusado foi localizado Samuel em uma casa onde estaria buscando refúgio.

Uma das armas, sendo uma pistola de pressão usada para ameaçar moradores. A escopeta está sendo procurada.
A casa foi cercada e o acusado foi surpreendido pela guarnição, que não teve tempo de fugir. Samuel resistiu a voz de prisão onde fez ameaças aos policiais, usou palavras de baixo calão, além de dizer ser irmão de um faccionado que se encontra condenado e preso, sendo necessário sua imobilização.
Após buscas na casa, a pistola de pressão usada para realizar ameaças aos moradores da comunidade foi localizada, mas, a escopeta estaria guardada em outra propriedade distante na BR, juntamente com Sebastião seu comparsa.
Sebastião foi localizado, sendo detido em seguida, mas, a escopeta não foi localizada. A moto também usada pela dupla para irem até a casa em ameaçar os moradores também foi encontrada. Os denunciados foram levados para a delegacia de Brasiléia, onde ficaram à disposição do delegado plantonista, que irá tomar as providencias de praxe referente ao caso.

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat