NOSSAS REDES

Sena Madureira

Responsáveis por menino que atirou e matou irmão de 5 anos no AC podem responder por omissão

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os responsáveis pelo menino de 8 anos, que alcançou a arma do avô e disparou acidentalmente contra o irmão de 5 anos, em Sena Madureira, podem ser indiciados por omissão de cautela.
O acidente ocorreu no sábado (29), no Ramal do Pelé e o menino morreu nesta segunda-feira (1), no Hospital da Criança, em Rio Branco.
Conforme o delegado da cidade de Sena Madureira, Marcos Frank, existe a possibilidade do indiciamento por omissão, mas a Polícia Civil ainda vai ao local do crime para iniciar as investigações.
Logo após ser atingida pelo disparo na cabeça, a criança foi transferida do Hospital João Câncio, em Sena Madureira, para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Em seguida, foi levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança, onde acabou não resistindo.
De acordo com a Polícia Militar, as duas crianças estavam sozinhas em casa, quando o mais velho conseguiu achar a espingarda do avô e disparar acidentalmente. O tiro ultrapassou a parede e atingiu a cabeça da criança de 5 anos.
No transporte até Rio Branco, a criança seguiu sem acompanhante e os médicos acionaram o Conselho Tutelar.
A conselheira tutelar Graziele Morais informou que foram acionados pelo Samu e deu as orientações sobre os procedimentos que deveriam ser adotados. Segundo ela, se tiver que dar algum encaminhamento sobre esse caso, vai ser direcionado para o 2° Conselho Tutelar, responsável pela regional.
“A criança estava sob a responsabilidade do Estado. Então, o hospital poderia destinar alguém para ficar acompanhando essa criança até que surgisse algum parente. Não entraram mais em contato conosco e nesta segunda [1º], entramos em contato com a equipe do serviço social do Huerb e fomos informados que a criança tinha sido transferida para o Hospital da Criança e já estava sendo acompanhada pela mãe”, disse a conselheira.

Mãe diz que estava em casa

Em entrevista ao G1, logo após saber da morte do filho, ainda no hospital, a mãe do menino, de 29 anos, disse que estava em casa com as crianças quando tudo aconteceu e garante que elas não estava sozinhas.
“Eu estava sentada na porta com ele umas 15h, aí o outro [criança de 8 anos] entrou no quarto, pegou a espingarda e chamou ele para olhar na brecha e atirou. Ele pensava que não tinha cartucho, porque meu pai nunca deixava com cartucho. Era a espingarda do meu pai caçar, era guardada na parte de cima, mas ele ficou procurando e pegou. Primeiro levaram ele para o hospital de Sena Madureira e depois pra cá e eu vim. Fiquei com ele aqui no hospital todo tempo”, disse a mãe.

Comentários

Comente aqui

CRIME

Acusado de matar pai e mãe em Sena Madureira disse a polícia que recebeu ordens de um cachorro

Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O autor do homicídio contra os pais Alisson Vieira de Araujo disse ao comandante da Policia Militar de Sena Madureira Major Casagrande que só matou os pais porque um “cachorro” havia mandado o mesmo cometer o crime.

Segundo o próprio comandante em entrevista à um programa de tv na capital, as declarações do rapaz só demontram um estado ezquisofrênico grave e uma tragédia anunciada, já que segundo o próprimo oficial, Alisson à alguns dias se recusava a tomar seus remédios controlados.

 A prima de Alisson, Aldileide Vieira de Araújo fez um vídeo em sua página do facebook em que pede que as pessoas não sejam tão cruéis com seu primo e culpa as autoridades por a situação ter chagado a esse patamar. “Que tiver chamando meu primo de monstro e culpando a família é porque não sabe o que aconteceu.” disse Aldileide.

 “A família já vem a muito tempo em buscando meios pra ajudar ele.” acrescentrou

 “O Téo não teve culpa do que ele fez porque ele nem sabe o que fez.” finaliza emocionada

 O acontecimento chocou a população da cidade

YACO NEWS

Continue lendo

Sena Madureira

Em Sena Madureira ramal Lua Nova sofre com as queimadas

Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O YacoNews recebeu informação que o Ramal Lua Nova foi atingido com grande foco de incêndio no último fim de semana onde, segundo informações, atingiu atingiu uma residência.

Esse período de queimadas vem causando muito transtornos a comunidade sena-madureirense.

A população precisa ter mais consciência de que pequenos focos de fogo podem se alastrar em segundos, e trazer prejuízos enormes.

Neste momento, com barulhos de trovões distantes, o povo não pode incendiar pela sorte de que a chuva venha ajudar a cessar as chamas.

Existem pessoas que nessa época sofrem muito com problemas respiratórios e até mesmo com problemas alérgicos na pele.

Vamos evitar as queimadas e ajudar o meio ambiente!

FONTE YACO NEWS

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp WhatsApp Notícias