NOSSAS REDES

Manoel Urbano

Seis homicídios já foram registrados este ano em Sena Madureira e Manuel Urbano

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A região do Vale do Yaco e Purus, onde se localizam os municípios de Sena Madureira, Manuel Urbano e Santa Rosa, outrora pacata e isolada, com baixíssimo índices de crimes de homicídio, acaba de entrar para as estatísticas do sistema de segurança pública do Acre dos locais onde a violência também acontece.
Crimes de sangue e com mortes na região só ocorriam, em sua grande maioria, de forma acidental, quando caçadores se alvejavam pensando que o alvo era algum animal a ser abatido. No entanto, nos últimos dias a região tem vivido um banho de sangue humano. Só nos primeiros meses de 2019, já ocorreram seis homicídio, a média de mais de um por mês.

Major Michel Casagrande diz que a PM age com rigor mas a violência continua

“Para uma região pacata e ordeira, esses números são assustadores”, disse o comandante do 8° Batalhão da Policia Militar, responsável pelo policiamento da região, major Michel Casagrande. Ele disse que os crimes acontecem mesmo a Polícia Militar agindo de forma dura no combate ao crime. “Neste tipo de crime, em mais de 70% das vezes a Polícia Militar prende em flagrante os autores, e ainda, em 95% dos casos encaminha a autoria e materialidade delitiva para o Poder Judiciário, mas, mesmo assim, parece que as pessoas não se intimidam, mesmo com a certeza de que serão presas se cometerem os crimes”, disse o major.

No último crime, Alexandre dos Reis matou o irmão mais velho, a tiros

O último crime cometido na região foi registrado no dia 30 de abril. No dia seguinte, no feriado do Dia do Trabalho, a PM prendeu o acusado no quilômetro 2 da estrada que liga Sena Madureira a Manuel Urbano. O preso, Alexandre da Silva Reis, 23 anos, foi apontado como o assassino de irmão mais velho, Francisco de Assis da Silva Reis, 30 anos. Ele confessou o crime mas não falou sobre a motivação.
Dos seis homicídios registrados na região, quatro ocorreram em Sena Madureira e dois em Manoel Urbano. Por enquanto, nenhum crime em Santa Rosa do Purus, o que não significa que a sociedade local viva em paz, na observação do comandante da Polícia Militar. “É que lá o policiamento, por ser uma cidade menor, é mais eficaz, mas há muitas brigas bebedeiras que só não resultam em mortes graças à ação dos nossos homens”, disse Casagrande.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

Manoel Urbano

Em Manoel Urbano, Bombeiros encontram corpo de bebê indígena de 11 meses que se afogou em rio

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Corpo foi achado a cerca de 50 minutos de navegação do local onde aconteceu afogamento. Bebê estava desaparecido desde a noite de quarta-feira (29) e foi encontrado na sexta (31).

Foto: Bombeiros encontram corpo de criança indígena de 11 meses em rio no interior do Acre — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros.

Após cerca de 38 horas, o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo do bebê indígena, Rodrigo Kulina, de 11 meses, que estava desaparecido desde a noite de quarta-feira (29), no Rio Purus no município de Manoel Urbano, no interior do Acre. A criança foi achada na tarde desta sexta-feira (31).

A família do bebê dormia em uma embarcação que estava ancorada às margens do rio e, quando acordou, o menino tinha desaparecido, por volta das 23 horas.

Uma equipe de quatro mergulhadores iniciou as buscas pela criança indígena ao meio dia de quinta-feira (30). Segundo o major Cláudio Falcão, dos bombeiros, o corpo do bebê foi achado em um ponto distante do local do afogamento.

“Ele estava perto do Seringal Bela Vista. Para se ter uma ideia, isso dá aproximadamente 50 minutos de navegação em embarcação rápida. A gente não tem como precisar a distância em quilômetros, mas não é perto. O corpo dele reflutuou, ou seja, veio para a superfície e assim a equipe que fazia as buscas localizou”, disse o major.

O nível elevado do rio e a correnteza fizeram com que as buscas fossem ainda mais complicadas. Assim que o corpo foi achado, os bombeiros encaminharam para o hospital da cidade, para os exames cadavéricos e informaram à polícia.

Continue lendo

Manoel Urbano

Com segurança reforçada, Manoel Urbano tem festividade mais tranquila dos últimos anos

Redação do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Militar, por meio do 7º e 8° BPM reforçam policiamento nas festividades no município de Manoel Urbano.

Na ocasião, os militares neste sábado (31) e domingo (01) reforçam as festividades de Festival de praia e shows noturnos, evento que ocorre anualmente no município.

Os militares organizaram pontos base e rondas em todo o entorno do local de festa, priorizando locais vulneráveis e com aglomeração de pessoas.

No entanto, foram realizadas diversas abordagens policiais e a segurança externa do evento, a fim de garantir a tranquilidade e a paz de todos.

Ressaltar-se que não houve ocorrência durante o evento.

Assessoria do 8°BPM

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias