NOSSAS REDES

Brasileia

Taxista é preso suspeito de envolvimento em latrocínio ocorrido no município de Brasileia

O Alto Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

 

A Polícia Civil no município de Brasileia prendeu o taxista Alexandre Amorim Oliveira, de 31 anos. Ele é suspeito de ter participado no latrocínio ocorrido no último domingo, dia 14, que matou o fazendeiro Raimundo Nonato Pessoa, de 55 anos de idade. A vítima teve sua propriedade, localizada no ramal do km 59 da BR-317, Estrada do Pacífico, invadida por quatro criminosos. De lá, eles levaram duas caminhonetes, cerca de R$ 12 mil reais e um rifle calibre 22.
Após a prisão dos quatro suspeitos na última semana, a polícia seguiu com as investigações e chegou até o taxista, depois de visualizarem imagens que apresentavam a participação de um quinto elemento no crime.

Alexandre foi detido e levado para a delegacia, onde foi ouvido e está sob custódia. O delegado Rômulo Diniz disse que o acusado ajudou na logística, conduzindo os que estiveram na casa da vítima para depois ir até o local no lado boliviano, para resgatar após entregarem as caminhonetes ao receptador.
“Ele tinha todo o conhecimento dos fatos, uma vez que os demais portavam armas de grosso calibre, como escopeta calibre 12 e o rifle calibre 22 que foi subtraído do local, além dos outros envolvidos que confirmaram essa participação”, disse o delegado.

O delegado também acrescentou que Alexandre teria participação em outros crimes, exercendo a função de levar e trazer pessoas para a prática de ilícitos na fronteira. As caminhonetes roubadas foram localizadas na Bolívia.

Familiares do acusado disseram que estão trabalhando para tentar provar a inocência de Alexandre, e acreditam num mal entendido e dizem esperar que a justiça seja feita o mais rápido possível.

Comentários

Comente aqui

Acompanhe em tempo real

Sindmed protocola no MPE relatório que aponta inúmeros problemas no hospital Wildy Viana

Avatar

PUBLICADO

em

A direção do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed/AC) protocolou na manhã desta quinta-feira (3), na 1ª Promotoria Especializada de Defesa da Saúde, relatório técnico a respeito da visita realizada no último dia 27 ao Hospital Regional Wildy Viana, em Brasileia.

O relatório contendo informações colhidas junto aos médicos daquele hospital dá conta que não há número suficiente de médicos e outros profissionais de apoio para o rodízio de carga horária, fazendo com que os médicos não tenham tempo suficiente de descanso. Acontece ainda sobrecarga nos profissionais por diversas atividades, pois os médicos atuam na urgência e emergência, clínica cirúrgica, maternidade e outros.
O relatório também aponta falta de médicos especialistas como cirurgiões, pediatras e ortopedista. Outro fato citado é a falta de medicamentos básicos anti hipertensivos, alopidina, nifedipina, penicilina cristalina, entre outros.

O documento assinado pelo presidente do Sindmed/AC, doutor Murilo Batista, concluiu convidando o Ministério Público a realizar visita ao Hospital Wildy Viana e demais hospitais regionais.
“É que a visita se estendeu a outros hospitais que atuam como regionais. Não se pode responsabilizar o profissional médico pela falta de planejamento e descaso com a saúde. Acreditamos que os médicos e demais profissionais de saúde que atuam naqueles hospitais se esforçam além do devido para solucionar os percalços enfrentados diariamente para poder prestar um bom serviço à população”, diz.–

Gina Menezes Jornalista

Continue lendo

Brasileia

Instituto Socioeducativo recebe doação de terreno para a construção de Unidade em Brasileia

O presidente do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE/AC) Rogério Silva foi surpreendido na última terça-feira, 3, com o anúncio de doação de um terreno destinado à construção de uma nova Unidade Socioeducativa em Brasileia. A doação foi anunciada pela prefeita Fernanda Hassen durante entrega de kits de fardamento aos socioeducandos doados pela prefeitura daquele município.

A atual unidade funciona em um local alugado e a construção de um novo Centro Socioeducativo proporcionará ao ISE uma economia de mais de R$ 200 mil por ano.

“Foi uma surpresa muito boa quando a prefeita anunciou a doação deste terreno. É um sonho que estará se concretizando, proporcionando ao ISE ter uma estrutura ainda melhor para as atividades socioeducativas”, ressaltou Silva.

A prefeita Fernanda Hassen falou sobre a doação do terreno ao ISE enfatizando o trabalho realizado pelo instituto na ressocialização dos jovens internos.

“A prefeitura de Brasileia tem dado as mãos ao Governo do Estado, sobretudo ao ISE. O que mais queremos é que esses jovens ao sair daqui estejam preparados para a ressocialização de fato e de direito, com o desejo de acertar, com o desejo de crescer como cidadão. E nós, enquanto prefeitura, seremos sempre parceiros. Conhecendo o trabalho que o ISE desenvolve com esses jovens é que decidimos pela doação de uma área de terra para que seja construído um novo centro socioeducativo com uma estrutura bem melhor e com mais oportunidades aos seus internos”, destacou a prefeita.

O ISE em Brasileia abriga neste momento 25 adolescentes. O terreno doado tem aproximadamente três hectares e está localizado próximo ao polo industrial às margens da BR-364.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Fale conosco