NOSSAS REDES

ACRE

‘Achavam que a gente tinha dinheiro’, diz mulher de ex-vereador morto com tiro na cabeça no AC

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira (22). Filhas do agricultor estavam na casa no momento do assalto.

Ainda muito abalada com tudo que aconteceu, Nilciane Souza de Melo, de 32 anos, contou como foi a ação dos bandidos na madrugada desta segunda-feira (22). O marido dela, o ex-vereador Damião Queiroz, de 35 anos, foi morto com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto em sua casa em Capixaba, no interior do estado.

Ela conta que os dois homens estavam encapuzados e invadiram a casa em busca de dinheiro. “Eles achavam que a gente tinha dinheiro e perguntaram onde estava o dinheiro da castanha. Só que não deu tempo do meu marido responder”, conta.

Ainda conforme Nilciane, havia um rapaz que trabalhava na área externa da casa. Ele foi agredido e lançado sobre a porta, quando o ex-vereador saiu do quarto para ver o que estava acontecendo já foi abordado pelos bandidos. O tiro acertou a cabeça de Queiroz.

Em 2012, Queiroz foi eleitor vereador de Capixaba pelo PT com 245 e nas últimas eleições também foi candidato a prefeito. Ele era casado e pai de três filhas, uma delas recém-nascida. Até a manhã desta sexta, nenhum suspeito foi preso.

Os dois tinham três filhas, sendo que uma tem dois meses. Nilciane conta que se trancou no quarto e escondeu as duas dentro do guarda-roupas.

“Tive medo que eles arrombassem a porta do quarto. A bebê quis chorar, mas coloquei ela no peito, e fechei a boca da outra e depois coloquei dentro do guarda-roupas”, conta sobre os momentos de medo que passou.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat