NOSSAS REDES

ACRE

Agricultor tem pé decepado por roçadeira e morre antes de receber socorro na BR 317

O Alto Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O agricultor Ademar dos Santos Silva, de 47 anos, que morava no km 52 da BR 317 (Estrada do Pacífico), estava trabalhando em uma roçagem de cerca distante aproximadamente 5 km de sua casa, teve quase todo o pé decepado quando uma das lâminas cortou próximo ao tornozelo direito.

‘Mazinho’, como era conhecido, cuidava de um comercio localizado às margens da BR 317, juntamente com sua esposa e filhos. As informações ainda são desencontradas, mas, o mesmo teria tentado dirigir até a cidade sozinho e morreu dentro do próprio veículo após perder muito sangue.

Segundo as primeiras informações obtidas com o agente da Polícia Civil de Brasiléia que está cuidando do caso, a vítima estaria trabalhando em uma cerca e fazia a roçagem no local, quando uma das lâminas bateu em algo e soltou.

O corte acertou praticamente na articulação do pé e cortou quase por completo. Mazinho ainda teve tempo de chegar numa casa próxima e pediu socorro para que alguém dirigisse sua pick-up até o hospital, já que perdia muito sangue.

Como teria de esperar um pouco até a chegada do filho da senhora, resolveu ir por conta própria, mas, logo a frente teria perdido a consciência e desmaiou. A mulher correu até a sua casa cerca de 5 km do local e chamou por seu cunhado.

Quando chegaram no carro, já teriam encontrado o colono sem vida. A Lâmina da roçadeira foi localizada na carroceria do carro e o corpo de Mazinho foi levado para o hospital de Brasiléia, onde os familiares e amigos aguardavam a decisão das autoridades para saber se seria transladado para o IML na Capital.

Até o momento, os agentes civis estão trabalhando com a primeira hipótese de fatalidade.

Mais informações a qualquer momento

ACRE

Polícia Civil deflagra “Operação Mirante” em Rio Branco

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mais de 30 quilos de drogas apreendidos durante a ação
A Polícia Civil deflagrou manhã desta quinta-feira (25) a “Operação Mirante”, implementada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes. Ao todo, foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão, com 16 pessoas presas por tráfico e organização criminosa em Rio Branco.
De acordo com a polícia, cerca de 90 agentes trabalharam na operação que culminou na apreensão de 30 quilos de maconha e três quilos de cocaína pura, além de 64 pacotes de uma droga rara: o Skank. Muito consumida no centro-sul e sudeste do país, o Skank possui o princípio ativo da maconha.
Ainda durante a ação, os agentes conseguiram apreender 3 armas de fogo, munição, celulares, mais de 2 mil reais em espécie, balança de precisão e material para embalagem da droga.

INFORMAÇÕES DE Agazeta.net

Continue lendo

ACRE

Com todo efetivo nas ruas, operação da PM prende seis e apreende armas em cidades do AC

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na Operação Tiradentes, realizada durante 24 horas em cindo cidades do interior do Acre, a PM fez mais de 700 abordagens e 16 ocorrências. Na ação, que encerrou na manhã desta quinta-feira (25), os policiais apreenderam duas armas de fogo e conduziram seis pessoas para a delegacia.

A ação, realizada pelo 6º Batalhão da Polícia Militar (6ºBPM), foi realizada nas cidades de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. A operação faz parte de uma operação que marca o aniversário da Polícia Militar no Brasil. Nos cinco municípios acreanos, todo o efetivo da PM local foi empregado para combater as ações criminosas.

Foram 24 horas de abordagens em bares, ruas e em locais de alto índice de violência. As ações também se estenderam para comunidades rurais e ribeirinhas. Nas abordagens a motoristas, dois condutores foram levados para a delegacia ao serem flagrados dirigindo sem habilitação.

Por meio de informações anônimas, dois homens foram presos depois de serem encontrados com armas de fogo, uma delas de fabricação caseira. Ainda na operação, os policiais cumpriram um mandado de prisão e outro homem foi preso em flagrante depois de praticar um furto.

Todas as ocorrências foram registradas apenas em Cruzeiro do Sul. Nas outras cidades não houve nenhuma prisão e a operação ocorreu sem o registro de casos de violência.

Além das ações repressivas, os policiais também ministraram palestras nas escolas e promoveram atividades de orientação nas ruas das cinco cidades.

“Nossa avaliação é bem positiva. A operação nos deu a consciência do potencial que o batalhão tem com o emprego de todo seu efetivo e tornou o dia bem mais tranquilo nessas cidades com as ações preventivas e de repressão à criminalidade. Considerando que conseguimos evitar qualquer ocorrência de natureza mais grave nesse período”, avalia o representante do comando do 6º BPM, aspirante Robson Belo.

Continue lendo

VOTE NA ENQUETE

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco