NOSSAS REDES

ACRE

Avançam as obras de modernização da Escola SENAI em Rio Branco

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Iniciadas em novembro de 2018, as obras de modernização da Escola SENAI Cel. Auton Furtado, em Rio Branco, já estão com quase 50% do cronograma concluído. O presidente da Federação das Indústria do Acre (FIEAC) e do Conselho do SENAI/AC, José Adriano, assim como o diretor-regional do SENAI, César Dotto, têm acompanhado de perto as intervenções e inspecionaram as obras na última terça-feira, 9.

Com investimentos na ordem de R$ 3,7 milhões, a empresa responsável pelas obras concluiu, até o momento, as novas salas de aula, laboratórios de corte e costura, de comandos elétricos, de eletricidade predial, de automação e de metalmecânica, assim como a sala de bordadeiro.

“Trata-se de uma obra que colocará a Escola SENAI em um novo patamar no que diz respeito à sua estrutura física. Já temos aqui uma equipe de profissionais de excelência, mas precisávamos modernizar todo o ambiente para proporcionar, aos nossos alunos, a oportunidade de estudar em uma das melhores escolas profissionalizantes de toda a Região Norte”, salientou o presidente José Adriano.

Segundo o empresário, houve também uma grande preocupação para que as obras não atrapalhassem o andamento do ano letivo ou causasse qualquer tipo prejuízo à aprendizagem dos alunos. “Primamos pela segurança de todo o corpo estudantil e docente durante as intervenções. Obviamente que uma obra causa transtornos, mas nos preparamos para minimizar esses empecilhos. E estamos contentes por sabermos que os benefícios serão significantes”, acrescentou.

César Dotto, diretor-regional do SENAI, afirmou que a unidade realmente precisava passar por uma transformação em sua estrutura física. “As intervenções ocorrem em 100% dos ambientes. É uma escola que tem mais de 40 anos, sofreu com alagações anos atrás e necessitava ser remodelada e modernizada como um todo, no sentido de adaptar-se às novas exigências do mercado”, destacou Dotto.

Ele reforçou que, como o ano letivo transcorre normalmente, a Escola SENAI tem utilizado suas unidades móveis e também feito parcerias com empresas para que as aulas ocorram também fora da sala de aula.

“Temos 105 alunos pela manhã, 106 à tarde e outros 60 em cursos técnicos à noite. Por isso, realizamos parcerias para que algumas atividades práticas pudessem ser feitas em um ambiente produtivo, de empresa, como acontece, por exemplo, no curso de mecânica de automóvel, onde os alunos tiveram aulas de funilaria na Recol Veículos. Agradecemos os parceiros que recebem os alunos nesse momento”, enfatizou o diretor-regional do SENAI.

Também acompanharam a inspeção às obras a diretora da Escola SENAI, Ofélia Machado, o superintendente de Operações da FIEAC, Jorge Luiz Araújo Vila Nova, além de profissionais de engenharia e arquitetura da Federação das Indústrias.

GERAÇÃO DE EMPREGOS E CRONOGRAMA DAS OBRAS

José Sarto Bessa, proprietário da Construtora Manuella, responsável pela obra na Escola SENAI, assegurou que, embora o período de chuvas tenha sido rigoroso, não houve atraso no cronograma das intervenções.

“A obra teve início há aproximadamente 130 dias, em novembro de 2018, com previsão de entregá-la 100% concluída antes de julho deste ano. Tivemos algumas dificuldades de início de obra em razão das demolições, pois tinha muito vidro, mogno e outros materiais que retiramos com cuidado para poder reaproveitar. E embora inverno tenha sido intenso, nada prejudicou o trabalho, pois quando não dava para atuar na parte externa, trabalhávamos nas intervenções internas”, comentou.

A equipe que atua na obra reúne profissionais como técnicos, engenheiros eletricista e civil, arquiteto, apontador, de Recursos Humanos, mestre de obras, carpinteiros, eletricistas, pedreiros, pintores, serventes, entre outros. “São cerca de 60 empregos diretos gerados. Estamos extremamente satisfeitos com o trabalho da obra e com o apoio do Sistema FIEAC”, assinalou Sarto Bessa.

SOBRE A ESCOLA SENAI CEL. AUTON FURTADO

A Escola SENAI Cel. Auton Furtado foi inaugurada em 18 de agosto de 1975, quando o Departamento Regional do Amazonas, com jurisdição no Estado do Acre, instalou-se em Rio Branco com a missão de proporcionar formação profissional aos jovens e trabalhadores do Estado.

As áreas de atuação da Escola SENAI são: eletroeletrônica, mecânica automotiva, tecnologia da informação, alimentos e bebidas, confecção do vestuário, refrigeração e climatização, metalmecânica.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat