NOSSAS REDES

Sena Madureira

Criança pega espingarda e atira acidentalmente em irmão de 5 anos no interior do Acre

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Uma criança de 5 anos foi atingida com um tiro de espingarda na tarde deste sábado (29) no Ramal do Pelé, em Sena Madureira, no interior do estado. O tiro foi dado pelo irmão do menino, de 8 anos, de forma acidental.
De acordo com a polícia, o menino de oito anos encontrou a arma do avô e acabou disparando sem querer no irmão.

“Na casa, tinha uma criança de oito anos e outra de cinco, que são irmãos. A de oito anos, mesmo com a arma escondida, conseguiu pegar alguma coisa para alcançar a arma. O disparou passou pela parede e atingiu a criança”, explica o tenente da PM, Fábio Diniz.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez os primeiros atendimentos ao menino. A criança chegou a ser levado para o Hospital João Câncio, mas, devido a gravidade dos ferimentos, foi transferida para Rio Branco.
O estado da criança, segundo o Samu, é grave. O menino foi transportado sem acompanhante. Por isso, o Conselho Tutelar foi acionado. O menino teve ferimentos no tórax e crânio devido aos disparos.
Ainda segundo a polícia, as duas crianças estavam sozinhas em casa no momento do acidente. Todas as informações foram colhidas no local pela PM e repassadas à Polícia Civil. O G1 tentou ouvir a Polícia Civil para saber como encaminharia as investigações, mas não obteve retorno

Comentários

Comente aqui

CONDENAÇÃO

Vara Criminal da Comarca de Sena Madureira condena homem por roubo majorado

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Vítima teria saltado do veículo ao passar em frente a uma Delegacia de Polícia Civil; acusado também foi condenado pelo crime de corrupção de menores.

O Juízo da Vara Criminal da Comarca de Sena Madureira condenou um homem a uma pena de 22 anos de prisão, em regime inicial fechado, pela prática dos crimes de corrupção de menores e roubo majorado na sede daquele município.

A decisão, que ainda aguarda publicação no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), considerou que restaram devidamente comprovadas, durante a instrução penal, tanto a materialidade (conjunto de provas materiais) quanto a autoria dos fatos delitivos, impondo-se, dessa forma, a responsabilização criminal do réu.

Entenda o caso

Segundo a denúncia do Ministério Público do Acre (MPAC), o acusado, juntamente com outro homem (ainda não identificado) e dois menores, teria cometido o crime de roubo majorado (diz-se daquele ocorrido mediante violência ou grave ameaça, com emprego de arma de fogo e em concurso de duas ou mais pessoas) contra um taxista que atua na Praça de Sena Madureira.

Conforme a representação criminal, o acusado teria se utilizado de dois adolescentes (identificados e submetidos a internação socioeducativa no âmbito da Justiça Estadual), responsáveis por iniciar a corrida com a vítima e se reunir com os demais em um ponto de encontro previamente combinado. Nesse momento, grupo teria anunciado assalto e, em posse de arma de fogo, informado à vítima que o objetivo principal da ação, porém, seria “cumprir uma missão no (bairro) Ana Vieira” – que era atirar em umas pessoas, e após isso o matariam e colocariam o corpo no porta-malas do veículo.

Para se livrar do sinistro, a vítima, que dirigia em alta velocidade, sob ameaça do grupo, saltou do veículo, ao passar em frente à Delegacia de Polícia Civil de Sena Madureira. Um agente de segurança que estava de plantão tentou realizar a prisão do grupo, que, no entanto, logrou êxito em se evadir do local, após breve troca de tiros, levando consigo o celular da vítima. O acusado e dois menores que participaram da ação foram localizados no dia posterior pelo trabalho de inteligência da Polícia Militar.

Sentença 

Ao julgar o caso, o juiz de Direito sentenciante considerou que as provas materiais e testemunhais reunidas por ocasião do julgamento do processo são suficientes para a condenação do réu pela prática dos crimes de corrupção de menores (por duas  vezes) e roubo majorado.

Na fixação da pena privativa de liberdade, o magistrado destacou, entre outros: os maus antecedentes e a “audácia” do acusado, que pautou sua “conduta com extrema frieza”; além das graves  consequências do crime de roubo – no caso, o “abalo psíquico” da vítima, que “a todo momento foi ameaçada de morte”.

Foram reconhecidas, ainda, na sentença, duas causas de aumento de pena: o “concurso de duas ou mais pessoas” e “violência ou ameaça (…) exercida com emprego de arma de fogo”.

O réu, que deverá cumprir uma sanção de 22 anos e 20 dias de reclusão, em regime inicial fechado, além do pagamento de mil dias-multa (no valor de 1/30 do salário mínimo vigente à época dos delitos, também teve negado o direito de apelar em liberdade.

Ainda cabe recurso da sentença junto à Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre.

Continue lendo

Sena Madureira

ExpoSena movimenta mais de R$ 500 mil em quatro dias de Feira Agronegócios

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A prefeitura de Sena Madureira avalia positivamente a realização de mais uma edição da ExpoSena, a maior feira de agronegócios que, em 2019, ocorreu entre os dias 26 e 29 de setembro. Os resultados da movimentação financeira e o balanço da economia local, além da participação do público durante os quatro dias de Feira, superaram as expectativas dos organizadores. É o que afirma o prefeito do município, Mazinho Serafim (MDB).

“Temos uma avaliação muito positiva da Feira. É uma satisfação realizar mais uma festa dessa magnitude em Sena Madureira, comprovando uma movimentação de público, de dinheiro e de lucro aos nossos comerciantes. Isso é motivo de felicidade”, comemora Mazinho, destacando os hotéis e restaurantes da cidade que ficaram sempre lotados nos dias de evento.

Nos dias de apresentações de cantores nacionalmente conhecidos, como Frank Aguiar e a dupla Gian e Giovanni, mais de 20 mil pessoas estiveram na arena de shows da ExpoSena 2019. “É uma festa popular, uma festa da família, e para nós é motivo orgulho promover um evento que ocorreu sem nenhum tipo de problema, sem casos de violência, sem briga”, ressalta o prefeito.

Mazinho agradeceu o apoio dos parceiros que ajudaram a fazer a festa acontecer. “Como empresas, empresários e instituições públicas, como o governo do Estado, por meio do governador Gladson Cameli, o Sebrae, e nossos parceiros locais, Ivan Rios e Fazenda Brasil. Nossa Câmara de Vereadores, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros que nos ajudaram a realizar uma grande festa”.

A ExpoSena já faz parte do calendário turístico e tem um grande impacto no setor econômico. Segundo o diretor do Sebrae no município, “a união na realização desse trabalho fortaleceu ainda mais a atividade em Sena Madureira”, disse Aldemar Maciel. Segundo Maciel, a Feira superou os R$ 500 mil de movimentação. “O dinheiro gira, foram mais de R$ 500 mil só dentro da Feira em negócios”, disse Serafim.

A festa ocorreu com qualidade, graças ao empenho e trabalho de toda a equipe da prefeitura. As atrações deste ano foram diversas e abrangeram toda a família, com programações infantis e adultas. Ainda houve rodeio, com os locutores Cristiano Passareli e Francioli Silva, que conduziram a abertura do evento, com queima de fogos e show pirotécnico, além de diversos estandes com praça de alimentação, entretenimento e espaço infantil, com parque de diversões.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Fale conosco