NOSSAS REDES

ACRE

Desempregada, mãe pede ajuda para sustentar e abrigar as 3 filhas em Rio Branco

Redação do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Desempregada e morando em condições precárias em um pequeno barraco improvisado, a dona de casa Benoisa da Silva Araújo, 23 anos, pede ajuda para sustentar as três filhas pequenas e melhorar as condições de moradia da família, que reside no Conjunto Habitar Brasil, em um beco ao lado do Supermercado Atacadão, em Rio Branco.
Além disso, faltam roupas, produtos de higiene pessoal e até calçados para as crianças, que tem 11, 7 e 4 anos de idade. A jovem, que cuida das filhas sozinha, não tem nível médio completo e sobrevive apenas com ajuda do Bolsa Família, algo em torno de R$ 300 reais mensal.
“Tenho tentado trabalhar como diarista, mas está difícil. Não estamos passando fome totalmente porque a professora de uma das minhas filhas vem nos honrando com uma cesta básica toda semana. Mas a situação está piorando cada vez mais e já não sei mais a quem recorrer”, desabafa a mãe.
Benoisa conta que já recorreu diversas vezes a Secretaria de Habitação do Acre (Sehab), na tentativa de ganhar uma casa dos programas habitacionais do Governo, mas que nunca conseguiu se inscrever. “Perdi as contas de quantas vezes fui à Sehab, mas nunca consegui nem me inscrever para ganhar uma casa, sendo que um monte delas está aí se acabando em muitos bairros”, lamenta.
Quem quiser ajudar a família que precisa também de madeira e material de construção para melhorar as condições de moradia das crianças, pode entrar em contato com Benoisa através do telefone (68) 99910-6886 ou 99908-4326.

Lane Valle, do Diário do Acre

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat