NOSSAS REDES

CIDADES

Dívida do governo com hospital no AC chega a R$ 13 milhões e médicos continuam em greve

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, atende apenas casos emergenciais. Governo diz que repassou dinheiro à direção; direção diz que repasse é 3 vezes menor do que a dívida.

Foto: Dívida do governo com hospital no AC chega a R$ 13 milhões e médicos continuam em greve — Foto: Mazinho Rogério/G1.

A greve dos médicos do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, já dura 12 dias e ainda não tem previsão para se encerrar. Os profissionais exigem o pagamento do salário de outubro que seria efetuado no dia 3 de dezembro, mas ainda são receberam.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) informou, nesta terça-feira (4), que já providenciou o repasse de recursos para a entidade que gerencia a unidade de saúde que seria a responsável pelo pagamento dos médicos.

Por meio de uma nota publicada na tarde desta terça, a Sesacre afirmou que ‘foi realizado um repasse à Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau), na última semana, e que o pagamento dos médicos compete à entidade, já que a Anssau é a contratante dos profissionais”.

O diretor técnico do Hospital do Juruá, o médico Marcos Lima, que também responde pela Anssau, disse nesta quarta-feira (5) que os recursos que foram repassados para a entidade pela Sesacre foram exclusivos para o pagamento dos servidores celetistas.

“Essa verba era carimbada para pagamento dos funcionários do Hospital do Juruá e os impostos trabalhistas que estavam, inclusive, atrasados. Nós temos quase 400 funcionários que estavam também com os salários atrasados”, afirmou Lima.

O médico disse ainda que o valor que foi repassado para a Anssau na semana passada é muito abaixo da dívida do governo com a entidade. “Esse recurso que foi repassado está longe de resolver o problema. A dívida é de quase R$ 13 milhões. Na realidade não foi repassado dinheiro para pagar médico”, alega o diretor da unidade.

A direção do hospital afirma que a Sesacre fez um acordo com o Sindicato dos Médicos dando a garantia que o os recursos para pagamento dos profissionais que prestam serviços no dia 3 de dezembro, mas não foi feita a transferência de valores para essa finalidade.

“Essa negociação, inclusive, nós ficamos até fora. Eles fizeram e o prazo era dia 3 de dezembro. Hoje é dia 5 e não pagaram. Essa é a verdade dessa história toda”, afirmou.

O representante do Sindmed, Theobaldo Dantas, disse que enquanto o pagamento dos profissionais não for efetuado, a categoria continua atendendo apenas os casos emergenciais. Ele também alegou que o repasse feito pela secretaria não daria para pagar os proventos dos médicos.

“Esse não foi um valor negociado para pagar os médicos, ademais, o repasse feito é três vezes inferior ao repasse contratual. Na verdade, esse jogo de empurra-empurra e faz de conta é sempre usado. Uma velha mania de transferência de responsabilidade aos outros e não assumir a culpa”, declarou Dantas. Mazinho Rogério , G1 AC

Cruzeiro do Sul

Após escândalos, vidente revela com exclusividade que Prefeito Ilderlei terá dias de progresso

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O vidente paulista da cidade de Birigui (SP), Valter Silva Ferreira (54 anos), famoso em todo o país por fazer previsões sobre o futuro, revelou com exclusividade ao Acre.com.br um enigma profético em que o prefeito Ilderlei Cordeiro, da segunda maior cidade do Acre, Cruzeiro do Sul, é visto em progresso, apesar dos escândalos de acusação de corrupção envolvendo seu governo e sua irmã.

O vidente é administrador do grupo de Facebook “Orakulo do Arauto & Central de Profecias” (veja aqui). Nele publica algumas de suas vidências mais recentes. Valter Arauto, como é conhecido, conversou com o Acre.com.br, e fez revelações polêmicas. 

Sobre o prefeito Ilderlei Cordeiro, o enigma profético de Valter Arauto intitulado “Prata de Lei”, foi assim revelado: “Se vê o progresso de um progressista; Sites, jornais e revistas; Tudo será de Lei; Tudo Ilderlei”, publicado na última quinta-feira, dia 20/02/2020.

Previsões acertadas

Entre suas principais previsões que já aconteceram, estão rompimento da barragem de Mariana, em Minas Gerais, e o fato do craque da seleção brasileira, Neymar, ficar fora da Copa do Mundo de 2014, após o jogo contra a Colômbia, em partida válida pelas quartas de finais do mundial do Brasil.

Em 31/01/2018, Valter anunciou uma vidência chamada “Ciro pela Culatra”, assim revelada: “Se ouvirá um tiro; que sairá pela culatra; não provoque o povo; queime a carta”.  E recentemente ocorreram fatos envolvendo Ciro Gomes e seu irmão Cid Gomes, vítima de dois tiros no peito.

Já no final de 2018, em 02 de dezembro, o vidente publicou uma visão intitulada o “Caixão do Zé”, e (pasmem!) na última quarta-feira, 19/02/2020, José Mojica Marins, popular “Zé do Caixão”, morreu aos 83 anos.

Neste domingo, sobre o Coronavírus, Valter afirmou que “Em janeiro de 2019 meu alerta como visionário foi dado. O surto está fora de controle e estão escondendo. O Brasil BR não vai escapar pois vi nas notícias futuras”, se referindo à profecia intitulada “A Gripe Aviária de 2019”, onde diz “Um bilhão de Chinês; A gripe aviária; Mal oculto no pulmão; A via aérea“, publicada em 13/01/19.

Ao Acre.com.br, o vidente esclareceu que “Minhas previsões são Enigmas e precisam ser interpretadas”, advertindo que “Tudo acontecerá no espaço tempo”.

Escândalos vividos por Ilderlei

Irderlei Cordeiro comanda um governo atualmente sob suspeição, acusado de corrupção e desvio de verbas públicas. Recentemente, a Polícia Federal cumpriu diversos mandados de prisão e de busca e apreensão, com a prisão de vários secretários municipais. O prefeito nega as acusações.

Apesar do escândalo, a profecia de Valter Arauto revela que Ilderlei terá dias de progresso, tanto que sites, jornais e revistas darão notoriedade ao governante da terra dos Náuas.

A revelação chamou atenção da reportagem, especialmente ao finalizar a previsão dizendo “Tudo Ilderlei”. A possível interpretação da vidência é que o prefeito viverá momentos de glória (ou não!). 

Por Acre.com.br

Continue lendo

Cruzeiro do Sul

Pais acusam maternidade de Cruzeiro do Sul de negligência após morte do 1º filho durante parto

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Criança foi retirada no último dia 20 em uma cirurgia na maternidade de Cruzeiro do Sul. Para os pais, o filho morreu porque passou do tempo de nascer.

Foto de capa: Maternidade da Mulher e da Criança do Juruá, em Cruzeiro do Sul. 

Os pais do pequeno Abner de Lima Bezerra estão inconformados com a morte do filho. A criança nasceu morta de um parto cesárea feita no último dia 20 na maternidade de Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Para a família, a morte do menino foi causada por negligência médica.

A reportagem entrou em contato com a direção da unidade de saúde, mas não obteve resposta.

Ao G1, o pai da criança e caminhoneiro, Lázaro da Silva Bezerra disse que já procurou uma delegacia da Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência pela morte do filho. Porém, devido ao feriado do carnaval foi aconselhado a retornar na quinta-feira (27).

“Foi negligência deles, porque fizemos pré-natal e tudo certo, fomos uma semana antes fazer um ultrassom e era para ter visto. Não sabiam ao certo quanto tempo ela estava. Vou procurar meus direitos porque foi negligência deles. Foi erro deles, porque viram que o menino estava passando da hora, não é normal o menino nascer de 42 semanas”, criticou.

Parto

Bezerra disse que procurou a unidade de saúde com a mulher Lucimeire Silva de Lima, no sábado (15). Lucimeire fez um exame de ultrassom e foi encaminhada para casa.

“Fomos de novo no dia 20 quando ela sentiu muita dor. Ela com dor, mas as enfermeiras dizendo que ia nascer, até que perceberam que não ia nascer de parto normal e chamaram o médico. Ele já nasceu morto, reanimaram, mas a pediatra disse que foi tirado morto”, relatou o pai.

Quando o médico chegou, Bezerra disse que as enfermeiras foram chamadas a atenção porque a criança estava passando do tempo de nascer. Então, Lucimeire foi levada para a sala de cirurgia.

“O médico disse que tinha que ser cesárea, que não ia ser de parto normal. Ainda deu ‘carão’ na enfermeira que estava cuidando dela e ela sentindo muita dor, o que não era normal. O médico falou que corria risco dela e do bebê morrerem. Eu, como pai de primeira viagem, sem saber o que fazer, sem reação, só vendo ela sofrendo com dor”, disse.

Lucimeire contou que fez o pré-natal em um posto do município. Ela revelou que depois que foi aconselhada a retornar para casa, no sábado (15), já passou a perder sangue e líquido.

“Disse que tinha perdido o tampão, que já tinha ido no sábado. Mandaram eu ir para casa e perguntei se era normal estar perdendo líquido. Fiquei uns dias em casa, o tampão saindo com mistura de sangue, sentia uma forte dor na virilha, mas aguentava”, acrescentou.

Ansiosa para segurar o primeiro filho nos braços, Lucimeire se disse revoltada com a morte da criança. “Me levaram para sala de cirurgia já nas últimas, tiraram ele e não vi mais nada. Tem muitos casos ali que as crianças passam do tempo de nascer. A maioria nasce antes ou depois, tem muita reclamação”, concluiu.

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias