NOSSAS REDES

AMAZÔNIA

EDITAL PÚBLICO DO BANCO DA AMAZÔNIA OFERTA R$ 2,5 MILHÕES EM PATROCÍNIO PARA A REGIÃO AMAZÔNICA

Assessoria, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A resolução busca incentivar projetos que promova o desenvolvimento sustentável da Amazônia.

O Banco da Amazônia inicia a partir do dia 5 de agosto o período de inscrição para recebimento de proposta para três Editais Públicos de Patrocínios. É uma oportunidade para quem deseja receber patrocínio no ano de 2020. Poderão ser inscritos projetos para a área social, cultural, esportivo, meio ambiente, exposições Agropecuárias, feiras, mostras para o Espaço Cultural e para aqueles amparados pela Lei Rouanet. O período de inscrições será de 05 de agosto a 20 de setembro de 2019, sem possibilidade de prorrogação. O Banco vai destinar mais de R$ 2 milhões em patrocínios para o próximo ano.

Os três editais são: de Patrocínios, de Pautas para o Espaço Cultural Banco da Amazônia e de Chamada Pública de Projetos ao abrigo da Lei Rouanet. Desde 2010, ano em que foi lançado o primeiro Edital de Patrocínios, o Banco já incentivou mais de 1.200 projetos em toda a região amazônica.

De acordo com o secretário executivo da Instituição, Alcir Erse, o Banco lança os editais públicos para ampliar as oportunidades para todos os segmentos da sociedade concretizarem seus projetos.

“Dessa forma, buscamos cumprir com a missão do Banco que é desenvolver a região de forma sustentável, favorecendo o acesso à cultura, esporte e lazer em nossa área de atuação, que é a Amazônia Legal.

Os projetos contemplados deverão seguir estes quesitos”, informou. Os interessados devem enviar seus projetos via Correios à Secretaria Executiva do Banco da Amazônia, localizada na Av. Presidente Vargas, 800, 14º andar, bairro Campina, CEP 66.017-901, mediante entrega ou postagem com A.R. (aviso de recebimento).

Para esclarecimentos de dúvidas, o Banco disponibiliza o e-mail: [email protected]

Serviço Seleção Pública de Patrocínios do Banco da Amazônia Data: 05 de agosto de 2019 a 20 de setembro de 2019. 

Informações: http://www.bancoamazonia.com.br/
Sugestão de Entrevista: Secretário Executivo do Banco, Alcir Erse. Contatos: Assessoria de Imprensa do Banco da Amazônia – 4008-3491

Secretaria Executiva | Coordenadoria de Comunicação
[email protected] / [email protected]
Telefones: 4008-3491 – Imprensa do Banco da Amazônia
98822-4580 – Alcilene Costa/ 98758-0816 – Cláudia Aguilla/ 982793101 – Renata Maciel
Facebook: Banco da Amazônia | Instagram: @bancoamazonia | YouTube: Banco da Amazônia
EDITAL PÚBLICO DO BANCO DA AMAZÔNIA OFERTA R$ 2,5 MILHÕES EM PATROCÍNIO PARA A REGIÃO AMAZÔNICA

AMAZÔNIA

Bolsonaro corta 22% das ações de fiscalização ambiental previstas até agosto

Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Enquanto as queimadas se acentuam pelo país, especialmente na região amazônica, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no governo de Jair Bolsonaro, não realizou 22% das operações de fiscalização ambiental que estavam previstas no Plano Nacional Anual de Proteção Ambiental (Pnapa) até agosto de 2019.

O Pnapa, elaborado em dezembro, destaca as principais ações de fiscalização realizadas no ano seguinte pelo órgão, que é ligado ao Ministério do Meio Ambiente.

De acordo com números obtidos pelo Globo, via Lei de Acesso à Informação, foram planejadas 837 ações nos oito primeiros meses de 2019. No entanto, 183 não foram realizadas.

No mês de abril, o ministério comandado por Ricardo Salles cortou o orçamento do Ibama em 31%. Na avaliação de Suely Araújo, ex-presidente do Ibama, responsável por organizar o Pnapa de 2019, o planejamento previa operações em todo o Brasil de combate ao desmatamento, garimpos irregulares, pesca e outros temas. Suely se exonerou no início de 2019, depois de receber críticas de Salles.

Problemas

“Havia recursos suficientes para isso, até mesmo porque o Fundo Amazônia apoia as ações no bioma com montante significativo de recursos financeiros. A queda nos números de autuações da fiscalização em 2019 evidencia problemas na implementação desse planejamento anual”, afirma Suely.

Em agosto, a Noruega congelou repasses para o Fundo Amazônia, depois que o governo de Jair Bolsonaro extinguiu, por decreto, o comitê responsável pelas diretrizes e acompanhamento dos resultados dos projetos do fundo.

O GLOBO

Continue lendo

ACRE

Evento na UFAC: Projeto de cooperação internacional estuda biodiversidade na Amazônia Ocidental

Assessoria, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na quarta-feira (11 de setembro), será realizado o lançamento do Projeto Prodigy “Process‐based & Resilience‐Oriented management of Diversity Generates sustainability”, às 10 horas, no Parque Zoobotânico (PZ), na Universidade Federal do Acre (Ufac). Representantes de instituições de pesquisa, ensino e organizações não governamentais do Brasil, Peru, Bolívia e Alemanha vão desenvolver pesquisas sobre os diferentes usos da terra e a sustentabilidade ambiental, econômica e social na região da Amazônia Sul-Ocidental na tríplice fronteira denominada MAP – Madre de Deus (Peru), Acre (Brasil) e Pando (Bolívia).

Com duração de três anos, as ações vão avaliar a dinâmica em constante transformação entre a natureza e a sociedade na região do MAP. No Brasil, os estudos serão realizados na Reserva Extrativista Chico Mendes; na Bolívia, na região da Reserva Nacional de Vida Silvestre Amazónica Manuripi e no Departamento Madre de Dios, no Peru na Reserva Nacional Tambopata. 

O projeto PRODIGY é financiado pelo Ministério Federal Alemão de Educação e Pesquisa (BMBF) e coordenado pela Universidade Koblenz-Landau em conjunto com mais cinco universidades alemãs. São parceiros do projeto a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Ufac, Instituto de Mudanças Climáticas do Acre, além de universidades do Peru e da Bolívia. A construção da proposta começou em 2015 e já foram realizados diversos encontros e reuniões entre os parceiros.

Segundo um dos coordenadores do projeto, professor Oliver Frör, da Universidade de Koblenz-Landau, os resultados das ações de pesquisas formarão uma base sólida de conhecimento sobre o cenário dos potenciais e limites dos recursos naturais na região MAP. “A ideia é que as informações científicas possam mostrar alternativas de desenvolvimento sustentável para a região MAP e que as populações locais tenham elementos adicionais para decidir sobre as suas estratégias econômicas e ambientais em tempos de rápidas transformações socioeconómicas e ambientais”, afirma.

Serviço:

O que: Lançamento do projeto Prodigy de cooperação científica entre Alemanha, Brasil, Peru e Bolívia

Quando: Quarta-feira, 11 de setembro

Horário: 10 horas

Onde: Parque Zoobotânico, Ufac

Site: www.uni-koblenz-landau.de

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp WhatsApp Notícias