NOSSAS REDES

ACRE

Em Cruzeiro do Sul, incêndio atinge depósito de mercantil e combate com 45 bombeiros dura mais 6 horas

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Dois bombeiros tiveram dificuldades de respirar durante ocorrência e foram atendidos pelo Samu. Ninguém ficou ferido.

Capa: Incêndio atinge depósito de mercado e combate com 45 bombeiros dura mais 6 horas no interior do Acre — Foto: Asscom/Corpo de Bombeiros. 

O Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul levou seis horas para conter um incêndio de grande proporção que atingiu um mercantil no bairro João Alves na tarde desta terça-feira (5) em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. No total, 45 homens estavam na ação e dois tiveram que ter atendimento médico por inalar fumaça.

Entre combate e rescaldo, a ocorrência seguiu até às 22h30. Ao todo, 90 mil litros de água foram usados no combate. O comandante do batalhão na cidade, capitão José Oliveira, disse que a dificuldade foi porque o fogo iniciou no subsolo do mercantil.

“Aconteceu num local confinado, que é o subsolo, onde funcionava o depósito. Foram três viaturas dos bombeiros, três caminhões-pipa. O Samu atendeu dois militares que tiveram dificuldades para respirar por inalar fumaça, mas nada grave. As causas do incêndio são indeterminadas e será necessária uma perícia para determinar. Os prejuízos foram apenas materiais, toneladas de mercadoria foram perdidas, porém não houve vítimas”, disse.

Perícia deve confirmar causas do incêndio em mercado no interior do Acre  — Foto: Asscom/Bombeiros

Perícia deve confirmar causas do incêndio em mercado no interior do Acre — Foto: Asscom/Bombeiros.

Logo no começo do incêndio, cerca de 15 pessoas estavam dentro do estabelecimento. O prédio foi evacuado, mas o fogo atingiu grande parte da edificação, que mede aproximadamente 680 m².

No depósito havia cerca de oito toneladas de mercadorias, segundo os bombeiros. “Pela alta carga de materiais combustíveis e o confinamento das chamas, o incêndio gerou grande quantidade de fumaça”, diz a nota da corporação.

Bombeiros de folga reforçaram a operação no interior do Acre  — Foto: Asscom/Bombeiros

Bombeiros de folga reforçaram a operação no interior do Acre — Foto: Asscom/Bombeiros

Solidariedade

Como o incêndio foi de grande proporção, militares que estavam de folga reforçaram as equipes. A prefeitura cedeu os caminhões-pipas usados no combate.

Muitos bombeiros tiveram exaustão física, mas conseguiram manter um revezamento. “Com a permanência do Samu na base da operação, foi possível um revezamento da equipe nas linhas de combate que passavam pela ministração de oxigênio, na própria viatura do SAMU, como procedimento de segurança para toda a equipe que trabalhava no local”, destaca a nota.

No final da operação, moradores que acompanhavam os bombeiros aplaudiram o trabalho da equipe.

Investigação

O local ainda deve passar por uma perícia, mas, segundo os bombeiros, os funcionários chegaram a relatar ao dono do estabelecimento que viram faíscas saindo do quadro de distribuição de energia antes do incêndio.

Depósito tinha cerca de oito toneladas de alimentos armazenadas  — Foto: Asscom/Bombeiros

Depósito tinha cerca de oito toneladas de alimentos armazenadas — Foto: Asscom/Bombeiros

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat