NOSSAS REDES

ACRE

Saúde confirma primeira morte de preso no AC por Covid-19 e passa para 30 o nº de vítimas da doença

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Em nota, a Saúde disse que o preso sofria com outras doenças. Homem morreu na UPA na sexta-feira (1º).

Capa: Saúde confirma primeira morte de preso no AC por Covid-19 e passa para 30 o número de vítimas da doença — Foto: Arquivo Pessoal.

Em nota, a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou a primeira morte de preso no estado nesta quarta-feira (6). O homem deu entrada na UPA do Segundo Distrito ainda na sexta-feira (1º) e morreu após ter dificuldades para respirar.

O detento era da Unidade Penitenciária de Senador Guiomard, no interior do Acre, e cumpria pena na Unidade Básica de Saúde do presídio O preso também já sofria com outra doenças, como obesidade, hipertensão e diabetes. Esta é a primeira morte registrada na cidade do interior do estado.

“A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), informam que é a primeira morte de detento com Covid-19 no Sistema Penitenciário Acreano. Segundo a Sejusp e o Iapen, J. R. R. N. todas as medidas sanitárias foram tomadas na unidade, observando as orientações do Ministério da Saúde, da Sesacre e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Desta forma, todos os casos que tiveram contato com o detento, foram identificados e submetidos à quarentena”. destaca a nota.

O Iapen disse ainda que agora deve reforçar as ações de combate dentro do presídio. O último boletim da Saúde, de terça (5), mostra que Senador Guiomard tem 11 casos confirmados da doença. Em todo o estado, são 817 distribuídos em 13 cidades.

Casos em presos

Também no último boletim do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen-AC), divulgado nesta terça-feira (5), o estado tem 48 presos com suspeita da doença.

Destes, 23 são detentos de Rio Branco e outros 25 da unidade prisional de Senador Guiomard, no interior do estado. Do total de casos, quatro testaram positivo para Covid-19, sendo que dois já tiveram alta e são considerados curados. Um dos confirmados é um preso monitorado que não está na penitenciária. Outros seis casos foram descartados.

Dos casos, 38 permanecem em análise. Os detentos com suspeita da doença e confirmados estão isolados no pavilhão Q, destinado justamente para casos de Covid-19.

Neste mesmo pavilhão também estão os presos que entram no sistema prisional e precisam ficar em quarentena pelo período de 14 dias. Todos são acompanhados pelas equipes de Saúde, tanto da Secretaria Estadual como do sistema penitenciário.

Em todo o estado do Acre, 347 presos fazem parte do grupo de risco, de acordo com dados do Iapen. Sendo que somente no maior presídio do estado, no Complexo Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco, são 134.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat