NOSSAS REDES

Manoel Urbano

Em Manoel Urbano Polícia Civil prende foragido de Rondônia

Senaonline.net, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Amilton estava foragido da justiça por ter cometido em abril deste ano dois homicídios,

Na cidade de Manoel Urbano, distante 250km da capital Rio Branco, uma equipe de policiais civis e militares realizaram a prisão de Amilton de Souza Costa, conhecido por “Nego Drama”.
Amilton estava foragido da justiça por ter cometido em abril deste ano dois homicídios, onde além de matar suas vítimas, Usinael Souza Abiorana 49 anos e Ana Lucia de Souza 48 anos, com requintes de crueldade, ao final, ateou fogo aos corpos e à casa onde elas viviam.

Após o crime, Amilton evadiu-se não sendo mais localizado. Alguns meses após esse fato, na cidade de Manoel Urbano, começou a circular a notícia de que um indivíduo perigoso estaria ameaçando as pessoas na colocação às margens do rio Juriti , zona rural do referido município. Investigações foram feitas com o objetivo de localizar o autor dos fatos, até que se chegou ao nome de Amilton como suposto autor. Foi feita uma investigação da vida pregressa de Amilton e descobriu-se que ele seria foragido do estado de Rondônia.

A Autoridade Policial Samuel Mendes, responsável pela Delegacia de Manoel Urbano, relatou que “através de atos de cooperação com a Delegacia de Homicídios de Rondônia, foi possível confirmar que Amilton era o suposto autor do crime de homicídio ocorrido naquele estado e que estava foragido há mais de 7 meses.”
Com as devidas tratativas entre as instituições, foi possível conseguir o mandado de prisão de “Nego Drama”.

Com a aquisição do referido mandado de prisão, foi realizado um trabalho de investigação que indicou o esconderijo de Amilton. Em seguida, foi composta uma equipe de policiais civis e militares que efetuaram a prisão de “Nego Drama”.

“Através de um árduo trabalho de investigação, bem como, excelente comunicação e cooperação as polícias Civil e Militar, foi possível capturar um indivíduo perigosíssimo que irá responder por seus crimes já praticados”. finalizou o Delegado Samuel.

Sena Online

ACRE

Em Manuel Urbano, Professores não recebem há 3 meses e cogitam parar atividades

Alerta Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Professores provisórios do município de Manoel Urbano, que realizaram o concurso da Secretaria Estadual de Educação (SEE) este ano, denunciam que estão há 3 meses sem receber seus salários. Eles cogitam paralisar as atividades escolares caso não recebam.
Segundo informações os professores começaram a trabalhar no dia 22 de fevereiro, e até hoje esperam pelos respectivos salários dos dias trabalhados em fevereiro, e dos meses de março e abril.
“Até hoje nada de pagamento, segundo os comentários no núcleo daqui, não vamos receber ainda”, disse o professor. Ele ainda complementa dizendo mesmo com o descaso, a categoria continua trabalhando.
O núcleo da Secretária Estadual de Educação em Manoel Urbano informou que os professores provisórios do município terão seus salários de março, abril e maio pagos somente no mês de junho.
Os professores disseram que caso o pagamento não seja efetuado, a categoria vai paralisar as atividades. “Por mim, já teria parado tudo, mas se batermos de frente com o núcleo, podemos sair prejudicados”. 

Continue lendo

CRIME

Mulher que aplicou golpe da CNH em Manoel Urbano é condenada a 28 anos de cadeia

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

 

A Justiça do Acre condenou uma mulher a 28 anos e dois meses de cadeia por ter aplicado o “golpe da CNH” em treze moradores de Manoel Urbano.

A acusada também deverá pagar indenização mínima para todas as vítimas. O valor total das indenizações é R$ 19.400, mas cada uma das 13 pessoas lesadas receberá a quantia que comprovou ter tido de prejuízo.

Conforme é relatado, a denunciada ofereceu serviço de autoescola para população local. As vítimas começavam o curso de formação, mas a acusada não iniciava os processos de habilitação ou pagava as taxas necessárias junto ao Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran). “A conduta e o delito praticados pela acusada extrapolam o que normalmente acontece no crime em questão, pois a conduta foi realizada numa cidade isolada, o que torna os moradores dependentes da idoneidade dos prestadores de serviço”, diz a juíza de Direito Ana Paula Saboya em sua sentença.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco