NOSSAS REDES

ACRE

Estado do Acre é o 2º pior mercado de energia no país, mostra agência de consultoria

Redação do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

 

Os dados divulgados na terceira semana de janeiro pela agência FDR Energia mostra que o Acre tem baixa atratividade para o mercado de energias limpas no país. O levantamento do Índice de Atratividade do Mercado Livre para Fontes Limpas de Energia atingiu este mês o valor de
0,629, em um intervalo de “0” (para a menor atratividade) e “1” (para a maior atratividade) -ou seja: quanto mais próximo de 1 mais atrativo é o mercado. A pontuação do Acre no Índice de Atratividade do Mercado Livre para Fontes Limpas de Energia é 0,551, o 2o pior desempenho entre os Estados, ganhando apenas do Amapá, que teve 0,438 pontos.

Quanto ao desempenho das principais concessionários de energia elétrica nos Estados, a Eletrobras Distribuição Acre conseguiu desempenho um pouco melhor: 0,551, o segundo melhor da Região Norte. O estudo elaborado pela equipe da FDR Energia baseou-se no comportamento das tarifas de energia de 50 diferentes distribuidoras de energia em todo o território brasileiro. Dezembro havia apresentado o melhor resultado de 2018, com nota “0,723”.

Segundo estudo da FDR, as chuvas abaixo das expectativas no início do verão aumentaram os preços no ambiente de contratação livre no primeiro de 2019. “Mesmo assim, os resultados alcançados não podem ser considerados ruins. De acordo com o estudo, as médias entre 0,6 e 0,8 são classificadas como de boa viabilidade de migração do mercado cativo. Dezessete estados brasileiros pontuaram nesta categoria, sendo que os primeiros colocados foram Tocantins (0,733), Pará (0,721), Espírito Santo (0,707), Goiás (0,704) e Rio de Janeiro (0,704). Os demais nove estados registraram viabilidade moderada, com avaliação entre 0,4 e 0,6. O Amapá manteve-se na lanterna do ranking. Roraima não participa da classificação, pois está fora do Sistema Interligado de Energia”, explica a agência.

Comentários

Comente aqui

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat