NOSSAS REDES

ACRE

EXCLUSIVO: Em Tarauacá, Penitenciária Moacir Prado está com surto de tuberculose entre detentos

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um agente penitenciário informou ao Portal Acre.com.br, que muitos prisioneiros da Unidade Prisional Moacir Prado estão infectados pela tuberculose, havendo um caso de surto dentro do presídio, expondo à perigo concreto, presos e agentes penitenciários. 

A tuberculose é uma doença  infecto-contagiosa, endêmica e transmissível, que afeta prioritariamente os pulmões. A doença é causada pelo Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch.

No Brasil, a doença é um sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais. A epidemia do HIV e a presença de bacilos resistentes tornam o cenário ainda mais complexo. A cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose.

A Redação do Acre.com.br manterá o nome do denunciante sob os auspícios do sigilo profissional, mantendo o sigilo da fonte, prezando pela liberdade de imprensa e a ampla garantia conferida ao jornalismo. Nesse sentido, não iremos revelar o nome do agente penitenciário que fez a denúncia. 

Os fatos narrado pelo agente é preocupante, tendo em vista que o número de detentos expostos à tuberculose na referida unidade prisional ultrapassa 600 reeducandos. Segundo o denunciante, entre os detentos e agentes, prevalece um clima de medo ante à vulnerabilidade de exposição ao bacilo da tuberculose. 

Nossa fonte informou que dois agentes penitenciários já adquiriram a doença, mas foram tratados e passam bem. Nossa Reportagem tentou telefonar para o Diretor local do presídio, através do telefone *******820, hoje às 22:00 horas, mas não conseguimos contato.   

Fica aqui a denúncia para as autoridades adotarem providências urgentes, tendo em vista que o preso, provisório ou sentenciado, permanece para todos os efeitos legais, com seu direito à saúde e dignidade humana, nos termos da Constituição Federal e Lei de Execuções Penais. 

A Redação informa ao IAPEN/AC, Instituto de Administração Penitenciária do Acre, que o espaço permanece aberto para divulgar sua versão dos fatos, através do e-mail acrenoticia.com@gmail.com ou WhatsApp 99988-7585

Por Acre.com.br

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat