NOSSAS REDES

ACRE

Família aguarda Ministério da Saúde para desligar aparelhos que mantêm motoboy

Acjornal, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Médicos confirmam a morte cerebral de João Vítor Gomes da silva, de 22 anos, que tentou suicídio por enforcamento, no último sábado. Ele permanece na UTI do Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, ligado aos aparelhos, aguardando a definição de uma logística para a captação e transplante de seus órgãos. A Fundação Hospital do Acre suspendeu estes serviços temporariamente.
João Vítor tentou se enforcar e ainda conseguiu enviar uma foto para a sua esposa, com quem tem um filho de seis meses.

Ele é considerado um homem vivo. Seu coração ainda pulsa, o sangue circula, ele se alimenta pelas veias e a barba continua crescendo. A família agradece as manifestações de pesar e de solidariedade, mas informa que ainda não existe a confirmação de um horário para o desligamento dos aparelhos e para o início das preparações da cerimônia fúnebre”, postou em sua rede social o agente penitenciário Janes Peteca, irmão de João Vitor.

A direção do hospital comunicou à família que a Central Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde planeja a estratégia para fazer a captação e a transferência dos órgãos para outros Estados. “Nossa família, mãe e irmãos e sua esposa, decidimos pela doação porque entendemos que a vida dele poderá ter prosseguimento salvando a vida de outras pessoas, o que pode ser considerada como uma herança para o seu filho de apenas três meses”, disse Janes.

João Vítor entregava pizzas e não apresentou sinais de que tiraria a própria vida. Quando sua esposa chegou em casa, 25 minutos depois ele pular com um lençol em volta do pescoço, João já estava desmaiado. Ele foi levado ao Pronto Socorro onde ficou em coma até domingo.

ACRE

JOVEM É ASSASSINADO COM 8 FACADAS DURANTE A MADRUGADA POR RIVAL DE FACÇÃO

O Alto Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um jovem de 21 anos, identificado como André Wiryson Lima da Silva, resolveu que deveria passear com a namorada na noite desta sexta-feira, dia 23. Em dado momento, se deslocou para um forró localizado na Avenida Manoel Marinho, no Bairro Três Botequins.

André foi reconhecido por três indivíduos de outra facção que iniciaram um cerco. Ao perceber que algo poderia acontecer, resolveu sair do local com a namorada de 16 anos e ao tentar entrar no taxi, foi atacado pelas costas por Alex da Silva Oliveira (19), conhecido como ‘Popó’, sendo ferido uma vez na altura do peito.

Após ser ferido, ainda tentou correr pela Avenida. Os outros dois que estavam com Alex, seria Eberson Silva Almeida (26), vulgo ‘Katanga’, que estava em liberdade a 12 dias do FOC, juntamente com um menor de 17 anos que tentaram segurar a vítima para que fosse golpeado mais vezes.

André ainda caminhou sangrando por cerca de 150 metros até em frente ao Banco do Brasil, mas, foi alcançado por Alex, que ainda desferiu cinco estocadas nas costas e duas no pescoço. Com a gravidade dos ferimentos, não resistiu e morreu antes de receber socorro.

Segundo foi relatado pela namorada que assistiu tudo, contou que Alex ‘lambeu’ a faca manchada de sangue e falava; “matei um alemão”. Policiais Militares foram acionados rapidamente e conseguiram chegar no local antes da fuga dos acusados e os detiveram.

Eberson ‘Katanga’ que tentou negar sua participação, já velho conhecido da Justiça e sempre vem sendo agraciado com os benefícios da Lei, sendo posto em liberdade mesmo sendo condenado, além de escapar da morte por duas vezes. O autor dos golpes também teria passagens e o menor será encaminhado ao MP e judiciário para medidas cabíveis.

Foi levantado pelos policiais que, Alex seria o principal suspeito de uma tentativa de homicídio por arma branca (faca) na noite de quinta-feira, dia 22, nas proximidades do trevo, parte alta da cidade.

O trio foi conduzido para a delegacia, onde foi lavrado o flagrante de homicídio. O corpo foi resgatado para ser conduzido ao IML da Capital para exames cadavérico e depois ser liberado aos parentes.

Continue lendo

ACRE

Bate Papo Feminista acontece neste sábado, em Rio Branco

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Bate Papo Feminista voltou. Um espaço de vivência e trocas, reúne mulheres de diferentes segmentos profissionais e faixas etárias para falar a respeito de feminismo no Acre, e em todo o seu contexto.

Um grupo criado em 2015 pela estudante de jornalismo Ana Luiza Lima, no aplicativo WhatsApp, desencadeou a provocação para algum projeto em que o feminismo fosse pauta para discussão principal. A partir dele, outras mulheres que já se identificaram com a temática e manifestaram a vontade de estabelecer um espaço de diálogo, e aí surgiu o Bate Papo Feminista.

Violência, gêneros e política fazem parte dos debates promovidos durantes os encontros que iniciaram em 2015 e após alguns encontros entrou em hiato, mas volta para ser reconstruído em um formato que englobe as dificuldades atuais das mulheres.

O encontro ocorre neste sábado (24), na casa Povos da Floresta, em frente ao Estádio José de Melo, no Centro de Rio Branco, à partir das 15h30. Todas as mulheres, de todas as idades, são bem vindas.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?