NOSSAS REDES

ACRE

Governo inaugura mais um pavilhão no Complexo Penitenciário de Rio Branco

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Governo do Estado do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), concluiu, na última terça-feira, 14, o remanejamento de 250 reeducandos do antigo pavilhão F e do pavilhão A para o pavilhão P, dentro do Complexo Penitenciário de Rio Branco. O pavilhão segue o novo modelo de estrutura que oferece maiores condições de segurança e assistência aos apenados.
Assim como o pavilhão O, inaugurado no mês de março, a estrutura do pavilhão P atende as especificações exigidas pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com as devidas adaptações do setor de infraestrutura local. O prédio conta com uma cabine de observação climatizada, monitoramento com câmeras de segurança e sensores de movimento. A inauguração do prédio possibilitou a desativação do pavilhão F.

O presidente do Iapen, Lucas Gomes, ressaltou que o pavilhão F apresentava uma estrutura muito antiga, o que gerava o comprometimento da segurança e demandava muitos servidores para as guarnições no local. “Com a inauguração desse novo prédio, nós conseguimos desativar definitivamente o pavilhão F e oferecer melhores condições de trabalho aos nossos servidores, além de garantir o controle dos reeducandos com maior efetividade”, disse.
“A administração do Iapen, com o apoio do Governo do Estado do Acre, tem buscado a cada dia trazer melhorias para a instituição, levando em consideração tanto as demandas sociais e de segurança que envolvem o cumprimento da pena, quanto os cuidados com os nossos servidores. A inauguração de mais um pavilhão desse porte demonstra essa preocupação”, destacou o presidente.
De acordo com o diretor do Complexo Penitenciário, Fagner Souza, na manhã da quarta-feira, 15, a juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campos, realizou uma vistoria, onde constatou a regularidade nas instalações no novo pavilhão. “Com a vistoria da juíza, concluímos a ação de transferência e garantimos que os reeducandos se encontram em um ambiente com melhores condições de habitação”, afirmou.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat