NOSSAS REDES

ACRE

Homem que matou namorada a pauladas no AC e acionou polícia é condenado a mais de 24 anos

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Antônio Zenildo da Costa foi condenado a 24 anos e nove meses de prisão, em regime inicial fechado, pela morte da namorada Carla Ferreira da Silva, de 18 anos, no dia 25 de julho de 2017.

A mulher foi morta a pauladas no bairro Centro Social Urbano (CSU), na cidade de Sena Madureira, interior do Acre.

O G1 tentou entrar em contato com o advogado de Silva, mas até a publicação desta reportagem não obteve sucesso.

Na época, a polícia disse que foi acionada pelo próprio acusado, que ligou avisando que a jovem estava morta. Silva foi preso em flagrante e, durante o depoimento na delegacia, disse que tinha consumido bebidas alcoólicas antes do crime, mas afirmou que não lembrava de ter matado a namorada.

Conforme a polícia, testemunhas chegaram a informar que a vítima suspeitava estar grávida. Porém, exames cadavéricos realizados no Instituto Médico Legal (IML) na capital, Rio Branco, confirmaram que ela não estava grávida.

O júri popular ocorreu na Comarca do Fórum Desembargador Vieira Ferreira, em Sena Madureira, e durou mais de seis horas, de acordo com o Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC). Silva foi condenado por homicídio qualificado em situação de violência doméstica

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat