NOSSAS REDES

CIDADES

Jovem é preso após apalpar meninas em festa de aniversário em Mâncio Lima

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Policial civil estava na festa e fez a prisão em flagrante por importunação sexual. Das cinco vítimas, apenas duas adolescentes procuraram a delegacia para prestar queixa.

Foto: Rapaz foi encaminhado ao presídio e vai responder por importunação sexual — Foto: Adelcimar Carvalho/ G1.

Um rapaz de 18 anos acabou sendo preso em uma festa de aniversário na noite de sábado (8) em Mâncio Lima (AC), suspeito de importunação sexual. O rapaz teria assediado 5 mulheres, entre as quais duas garotas de 13 anos. Segundo a polícia, o jovem teria apalpado o bumbum das vítimas.

As adolescentes foram com os pais até a delegacia da cidade denunciar o jovem. Ele foi encaminhado para o presídio Manoel Néri, em Cruzeiro do Sul.

O delegado de Polícia Civil, Lindomar Ventura, disse que os convidados da festa se revoltaram com as atitudes do rapaz.

“Havia um policial civil na festa e ele fez a prisão do rapaz. A população se revoltou no momento e foi preciso muita calma para contornar a situação”, diz o delegado.

Nova lei

O delegado explica que a lei que pune o crime de importunação sexual com prisão é novo. Ela foi sancionada em setembro de 2018.

“Ele foi enquadrado no novo tipo penal, que é a importunação sexual, um crime que não é tão grave para ser considerado estupro, mas também não é tão brando para ser enquadrado como atentado ao pudor. A importunação sexual é quando um indivíduo comete atos libidinosos para satisfazer algum desejo seu”, explica Ventura.

Se condenado, o suspeito pode pegar até 5 anos de reclusão. O crime não cabe fiança na fase policial. Adelcimar Carvalho, G1 AC.

ACRE

PM DE FEIJÓ PRENDE CONDUTOR DE QUADRICICLO APÓS ATROPELAR MULHER E SE EVADIR DO LOCAL

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O acidente ocorreu por volta 08h00min de hoje na Av. Assis Vasconcelos (Próximo ao Magueiras Club). Lucas Lopes Souza (22 anos) conduzia um Quadriciclo em alta velocidade e perdendo o controle do veículo atropelou violentamente a senhora Maria da Liberdade Pessoa da Silva (46 anos) e em seguida se evadiu do local. A vítima conduzia sua bicicleta pela margem da Via.

Após a PM solicitar apoio do Corpo de Bombeiros para prestar socorro a vítima (tendo em vista não ter SAMU disponível), tomamos conhecimento que Lucas Lopes morava no ramal da Divisa e que teria fugido para sua residência. A guarnição da PM deslocou-se ao endereço do acusado e realizou a prisão do mesmo por volta de 12h00min. Lucas Passos nao é habilitado e pilotava o Quadriciclo do seu padrasto (veículo conduzido ao CIRETRAN).

Até o presente momento, equipe do Hospital informou que o estado de saúde da vítima é gravíssimo e que não foi possível encaminha-la à cidade de Rio Branco. A Polícia Militar trabalha para preservar a vida, oremos por esta vítima da inconsequência deste cidadão.

PMAC FEIJO

Continue lendo

CRIME

Polícia intensificará operação para combater a pertubação ao sossego em Sena

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Militar, por meio 8° BPM, CPO II irá realizar diversas operações para reprimir a pertubação ao sossego, haja vista que ultimamente tem-se aumentado muito ocorrência dessa natureza.
Outrossim, verifica-se a média diária de 3 a 4 ocorrências dessa natureza, sendo que este fato compromete o serviço ostensivo e preventivo ao deslocar as viaturas de áreas estrategicamente pensadas.
Vale frisar ainda, que o amparo legal para atuação policial encontra-se tanto na Lei de Crimes Ambientais, Lei de Contravenção Penal e, caso seja veículo automotor no próprio Código de
trânsito Brasileiro-CTB.

As consequências jurídicas desses crimes serão responder a um Termo Circunstanciado de Ocorrência- TCO, ser autuado pelas regras do CTB e ter o instrumento do crime apreendido e outras.
Nas cidades maiores como o Rio de Janeiro, além dessa fundamentação jurídica, os contraventores podem pagar uma multa de 8 a 10 mil reais pelas regras baseadas em Lei municipal. Nesse sentido, a tolerância é zero para a prática desse delito.
Ante ao exposto, o 8° BPM recomenda que os condutores de veículos usem os instrumentos de sons dentro dos ditames legais e, assim, seja garantido o direito a tranquilidade pública ou então assumam o ônus de sofrer a repressão do poder de polícia.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco