NOSSAS REDES

Mâncio Lima

Jovem morre em acidente de trânsito ao sair do trabalho em Mâncio Lima

Juruá em Tempo, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O jovem Jonathan Amaral morreu no início da noite desta sexta-feira, 12, após um acidente de trânsito, registrado na Colônia São Francisco, em Mâncio Lima (AC).

A vítima se deslocava do trabalho para casa no momento do acidente. De acordo com informações de populares, o jovem trafegava em frente a Escola Francisca Freire de Carvalho quando foi surpreendido por outra motocicleta na contra-mão. Com a colisão, a vítima fatal foi arremessada a alguns metros de distância.

A outra vítima foi conduzida para o hospital local com escoriações pelo corpo, onde deve receber atendimento. O corpo de Jonathan ainda permanece no local aguardando o Instituto Médico Legal (IML).

Mâncio Lima

Melancia de casca amarela faz sucesso no município de Mâncio Lima, interior do Acre

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

No sítio do engenheiro agrônomo, produtor rural e funcionário público, Romoaldo da Silva no Ramal do Feijão Insosso em Mâncio Lima, a atração é a melancia de casca amarela (lembra a do melão) e que é muito, muito mais doce, que e a comum, de casca verde.
Em agosto do ano passado, Romoaldo conheceu a fruta em uma feira em Jarú em Rondônia, trouxe a semente para o Acre e guardou na geladeira. Este ano plantou apenas 75 covas junto com o híbrido da melancia de casca verde. A adaptação foi boa e agora ele está colhendo a melancia que alcança entre 8 e 16 quilos e é muito adocicada.
As vendas da melancia exótica são feitas no próprio sítio e em um carro que Romualdo leva para as feiras de Mâncio Lima. “A aceitação nos surpreendeu e por isso vamos expandir o plantio para ter escala comercial aí poderemos alcançar o mercado de Cruzeiro do Sul e Rio Branco’ , cita o produtor que conta com a ajuda do filho Bruno, também engenheiro agrônomo.
O radialista Jenildo Cavalcante, diz que ficou impressionado ” com a doçura da melancia exótica. Essa produção também é a prova de que é possível ter uma agricultura familiar forte e sustentável aqui na região’, conclui.

Continue lendo

CURIOSIDADES

COMUNIDADE NO AC QUE LEVA NOME DE SANTO ANTÔNIO FAZ FOGUEIRA DE 13 M PARA HOMENAGEAR PADROEIRO

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A construção de uma grande fogueira, para festejar o encerramento do novenário de Santo Antônio, já é tradição há mais de 30 anos em uma comunidade de Mâncio Lima. Os moradores da localidade, que tem o mesmo nome do padroeiro, este ano, levaram três dias para levantar a estrutura de madeira que será queimada na noite desta quinta-feira (13).

A obra envolve praticamente todos da comunidade. No primeiro dia, um grupo de mais de 20 homens retira a lenha na floresta, enquanto outra turma cuida do transporte para o local do festejo. Depois, as equipes se unem e levam mais dois dias para fazer o trabalho de montagem da fogueira.

Os organizadores do evento contam que em anos anteriores, os serviços eram mais complicados e demoravam mais por serem feitos todos de forma manual. Atualmente, a comunidade recebe o apoio da prefeitura que envia caminhões para transportar a madeira e máquinas para erguer os quatro pilares que sustentam a fogueira.

Para empilhar as hastes de lenha até chegar a altura de 13 metros, os moradores formam uma espécie de torre humana e passam as peças de mão em mão até chegar ao topo. É um trabalho demorado que eles fazem com muita atenção para evitar qualquer incidente.

A comunidade mantém a tradição para homenagear o santo protetor e com a fé de dias melhores para os que acreditam na proteção de Santo Antônio.

“A gente faz isso todo ano no dia de Santo Antônio, porque a gente pede muito a ajuda dele. Dá pra ver que é um trabalho até perigoso, mas, como temos a proteção dele, nunca aconteceu nenhum imprevisto na nossa comunidade”, diz o líder comunitário Genival Matos.

Os moradores já chegaram a construir uma fogueira de até 17 metros, mas, este ano, decidiram fazer um pouco menor, com 13 metros. A fogueira será queimada a partir das 19h e deve levar mais de 24 horas pegando fogo.

No momento da procissão de Santo Antônio, o padre faz a benção da fogueira e os devotos aproveitam para fazer seus agradecimentos e pedidos ao santo casamenteiro. A comunidade aguarda mais de mil visitantes para o encerramento do novenário.

“A gente aguarda até ela cair, que é a hora mais emocionante que tem. E na hora que a procissão passa, as pessoas fazem seus pedidos”, afirmou matos que agradece a Santo Antônio pela família que construiu durante os anos que cuida da organização da festa do padroeiro.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )