NOSSAS REDES

Acrelândia

Ministério da Saúde alerta para risco de surto de dengue, zika e chikungunya em nove cidades do Acre

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Cidades acreanas apresentam índices de 4% a 22,7%. Índice tolerável é de 1% de infestação.

Nove municípios do Acre aparecem na lista das cidades em risco de surto de dengue, zika e chikungunya (Foto: Divulgação)

Um relatório do Ministério da Saúde apontou que nove cidades acreanas podem ter surto de dengue, vírus da zika ou chikungunya esse ano. Entre as cidades, está a capital acreana, Rio Branco, que é uma das duas capitais do país que estão em situação de risco.

O relatório aponta que mais de mil cidades em todo país podem ter o surto. Os dados foram coletados no período de janeiro a 15 de março.

A situação, segundo o relatório, está mais complicada nos municípios de Sena Madureira, Epitaciolândia e Rodrigues Alves, município que apresentam índice acima de 8%. O tolerável é de 1% de infestação.

A cidade que apresenta o maior índice é Sena Madureira, com 22,7%. Isso significa que em 100 casas na cidade, quase 23 podem estar com criadouros do mosquito Aedes aegypti.

Também aparecem na lista do Ministério da Saúde municípios com índice acima de 4%, e isso inclui Rio Branco, Plácido de Castro, Brasileia, Acrelândia, Mâncio Lima e Manoel Urbano.

As cidades de Assis Brasil, Feijó, Capixaba, Porto Acre, Xapuri, Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard apresentam índices mais baixo, mas também aparecem na lista como cidades em alerta para infestação.

Conforme os dados, somente os municípios de Porto Walter, Santa Rosa do Purus, Tarauacá e Bujari estão com índice satisfatório, ou seja, com percentual abaixo de 1% de infestação. Por G1/Ac

Acrelândia

Em Acrelândia Polícia Civil prende acusado que agrediu e ameaçou atear fogo na ex-companheira

Senaonline.net, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na manhã de quarta-feira, 20/02, Agentes da Polícia Civil de Acrelândia prenderem e conduziram à delegacia José Carlos Batista, 42 anos.

Na manhã de quarta-feira, 20/02, Agentes da Polícia Civil de Acrelândia prenderem e conduziram à delegacia José Carlos Batista, 42 anos, o qual estava com mandado de prisão em aberto.
José Carlos estava sendo procurado porque, há aproximadamente sete dias que antecederam sua prisão, agrediu fisicamente sua ex-companheira e ameaçou atear fogo nela.

No momento da ocorrência, conforme declarações da vítima e testemunhas, José Carlos segurou a vítima pelos cabelos e, na posse de um facão e um galão com gasolina, ficou ameaçando do tocar fogo na vítima. O crime somente não se agravou porque apareceram policiais que intervieram na situação, fazendo o autor fugir. O fato teria ocorrido no Ramal Linha 7, zona rural de Acrelândia.

Ante a gravidade da ocorrência, o Delegado Samuel Mendes, titular da Delegacia de Acrelândia, representou pela prisão de José Carlos, sendo o pedido deferido.

“Têm sido recorrentes os casos de violência contra a mulher em âmbito doméstico, assim, tornou-se necessário agir com medidas rígidas e proativas a fim evitar situações mais graves como o feminicídio”, finalizou o Delegado Samuel. José Carlos, em seu interrogatório confessou o crime e disse estar arrependido. No momento encontra-se detido e à disposição da justiça.

Continue lendo

ACRE

Corregedoria-Geral da Justiça divulga calendário de correições

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Procedimento é rotineiro e busca fiscalizar as tarefas nas unidades.

A Corregedoria-Geral da Justiça (Coger) divulgou o calendário oficial de correições, às quais serão submetidas unidades judiciárias da capital e do interior do Estado.

O calendário de Correição Geral Ordinária segue até o final de 2019, incluindo Serventia Extrajudicial e Serviços Notariais e Registrais do Estado do Acre. A atividade leva em consideração os princípios da transparência, da eficiência e da economia que regem a Administração Pública.

O documento ainda é assinado pela desembargadora Waldirene Cordeiro, que ocupava o cargo de corregedora-geral da Justiça, atualmente ocupado pelo desembargador Júnior Alberto, que conduzirá os procedimentos necessários, acompanhado pelo juiz-auxiliar da Corregedoria, e da equipe técnica do setor.

A Portaria nº 1, de janeiro de 2019, que traz o calendário, foi publicada na edição 6.280 do Diário da Justiça Eletrônico (fl. 74), de 23 de janeiro.

O procedimento de correição é rotineiro e busca fiscalizar as tarefas nas unidades. Durante a ação, são observadas a infraestrutura, a qualidade dos serviços, o atendimento, dentre outros pontos. Também são esclarecidas possíveis dúvidas dos juízes e é verificado o cumprimento dado às orientações emanadas pela Corregedoria-Geral da Justiça.

Continue lendo

VOTE NA ENQUETE

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco