NOSSAS REDES

ACRE

Ministério Público consegue o que queria: nova sentença manda Hildebrando Pascoal, aos 67 anos, para a cadeia.

Acjornal, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O chefe do chamado “esquadrão da morte” no Acre, o ex-deputado Hildebrando Pascoal (d), chegando à sede da Justiça Federal, em Brasília, onde começou hoje o seu julgamento. Ele e outras cinco pessoas irão a júri popular. Hildebrando é acusado de ser o mandante da morte de um policial civil quando ainda era deputado estadual. O julgamento deve se estender até o fim da semana.

A ala do Ministério Público que tanto queria derrubar o benefício do semi aberto de Hildebrando Pascoal já pode comemorar. O judiciário acreano suspendeu a prisão domiciliar em favor do ex-coronel e ex-deputado, que aguarda para a qualquer momento a ordem para voltar à sua cela, no Presídio Francisco D´Oliveira Conde, onde deverá cumprir o resto da pena em regime exclusivamente fechado.

A juíza Luana Campos decidiu, com base em duas novas condenações recentes do ex-militar.

As novas penas, somadas, invalidam a prisão domiciliar em que Pascoel é monitorado por tornozeleira eletrônica, e indica de que a nova progressão de regime só será possível em 2029. Só depende agora do juiz expedir o mandado de prisão, que pode sair a qualquer momento. Um advogado consultado pela reportagem disse que, nesses casos, espera-se apenas que a cela do apenado seja preparada, afim de se dar cumprimento à sentença.

Pascoal segue uma vida tranquila, extremamente discreta, mas sempre cortês com curiosos e amigos que o abordam. Decidiu cuidar da família, em especial os netos,com os quais passa a maior parte do tempo.

Ele foi beneficiado com a progressão de regime em decorrência de seu estado de saúde. A justiça, em 22 de maio do ano passado, para conceder a prisão domiciliar, considerou laudos médicos.

ACRE

Mesmo sem achar corpo, polícia indicia casal e menores por morte de jovem decapitado em vídeo no AC

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mesmo sem achar o corpo de Raimundo Lacerda do Nascimento, a Polícia Civil do Acre indiciou um casal e dois menores pelo homicídio qualificado. O rapaz apareceu em um vídeo sendo decapitado no mês de maio em Rio Branco.

Os bombeiros do Acre fizeram buscas pelo corpo no Rio Acre, na capital acreana. Após 30 horas de atividades de mergulho, os bombeiros suspenderam os trabalhos de buscas, que continuaram através das investigações.

O inquérito foi concluído e remetido à Justiça no último dia 1º. Arlys Almeida e Adriana Silveira, presos ainda no mês de maio, e dois adolescentes, sendo que um segue foragido, foram indiciados por homicídio com várias qualificadoras, entre elas motivo torpe e fútil, meio cruel, entre outras.

Na época da prisão, Emerson Saraiva também foi levado suspeito de envolvimento no crime. Porém, ele não foi indiciado pela morte. A polícia não confirmou se Saraiva teve mesmo envolvimento no crime.

“O vídeo já confirma a execução e tem a questão dos bens dele, como celular, capacete, relógio, que foram encontrados com alguns participantes. Todo conjunto probatório leva a crer que houve a morte, embora não tenha sido localizado o corpo”, explicou o delegado Martin Hessel, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Corpo esquartejado

Martin acrescentou que o corpo de Nascimento pode ter sido esquartejado antes de ser jogado no rio, por isso a dificuldade para encontrar.

“Pelo o que vi, como eles fizeram é muito difícil encontrar. É tanto que os bombeiros fizeram todo perímetro do local, onde possivelmente tenha sido jogado, e nada. Não conseguiram encontrar nada, mesmo utilizando todas as técnicas”, reforçou.

Motivação

A divulgação do vídeo mobilizou as forças de Segurança em Rio Branco. As imagens do homem sendo degolado de forma brutal foram gravadas no Segundo Distrito de Rio Branco e acabaram viralizando.

Ainda segundo a polícia, as investigações apontam que os criminosos acreditavam que Raimundo do Nascimento pertencia a uma facção criminosa rival. Ele foi atraído, segundo as investigações, para o local do crime por Adriana Silveira.

“Atraíram ele através de conversas, se passaram por mulheres. A Adriana marcou um encontro com ele, se encontraram, seguraram a vítima e fizeram tudo que saiu no vídeo. Acharam que ele era membro de facção”, concluiu.

Continue lendo

ACRE

Trabalhador cai de caixa d’água em obra do Barriga Verde e vai parar no Pronto Socorro

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O trabalhador Manoel Martins Freire, de 45 anos, ficou gravemente ferido no final manhã desta quinta-feira (18) após cair de altura de aproximadamente 10 metros de uma construção de um prédio na Avenida Dias Martins, no bairro Jardim Primavera, em Rio Branco.

De acordo com informações repassadas ao ac24horas, Manoel estava prestando serviço numa construção da Empresa Barriga Verde, quando caiu da caixa d’ água. No impacto com o solo, o trabalhador desmaiou, sofreu uma fratura e teve hemorragia pelo ouvido.

A ambulância do Samu foi acionada, prestou os primeiros atendimentos a vítima e em seguida o conduziu ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde grave.

De acordo com Médico do Samu, Pedro Pascoal, Manoel sofreu um traumatismo craniano e fratura na clavícula. Amigos e um responsável da empresa acompanharam o trabalhador até o hospital.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )