NOSSAS REDES

ACRE

Motoristas permanecerão parados até quarta e só voltam a rodar com liberação do repasse de R$ 2,4 milhões às empresas

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A reunião que ocorreu entre motoristas de ônibus da capital acreana e vereadores da Câmara de Rio Branco na manhã desta segunda-feira, 14, ainda não apresentou uma resolução para o impasse entre prefeitura e vereadores com relação ao repasse de 2,4 milhões às empresas do transporte coletivo. Com isso, os trabalhadores devem permanecer paralisados até a próxima quarta-feira, dia 16, conforme informou o movimento ao ac24horas.

À reportagem, os motoristas revelaram que ao menos dois vereadores se posicionaram a favor do repasse às empresas, no entanto, precisam do voto de pelo menos mais 9 vereadores a favor do Projeto de Lei da prefeitura que tenta encaminhar o dinheiro à categoria. “Até então eles estão a favor, mas não depende só deles, depende de uma conjuntura de mais 9 vereadores para apoiar essa votação. Por isso, o movimento continua parado”, disse um dos motoristas.

De acordo com os trabalhadores, os ônibus só voltarão a circular na cidade após votação favorável dos vereadores para a categoria. “Está tendo uma quebra de braço política e o movimento se mantém até quarta (16)”.

Segundo os motoristas, enquanto não resolver a situação do repasse milionário, as empresas não rodam nenhum carro. “Vai ficar 100% parado. A frota não vai rodar enquanto os vereadores não decidirem a favor da categoria”, afirmam, garantido que o dinheiro do subsídio escolar da passagem de R$ 1 real dos estudantes servirá para quitar férias, salários e 13° salário vencidos.

“É para isso que esses 2,4 milhões vão servir. Tem empresa devendo dois meses já de salário, e essa quebra de braço só prejudica o funcionário. Nós que vamos estar sem dinheiro, nossos filhos que vão ficar sem nada no Natal”, completam.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat