NOSSAS REDES

ACRE

No Acre, motorista de ônibus conquista passageiros com carisma e simpatia

PUBLICADO

em

 

Júnior Jaunes. Por nome e sobrenome é provável que quase ninguém reconheça de quem se trata. Mas, se disser que este é “o motora da Ufac”, pode acreditar que é reconhecimento unânime entre os passageiros diários que utilizam a linha de ônibus da Universidade Federal do Acre (Ufac), que perpassa vários bairro de Rio Branco.
Jaunes tem 33 anos e trabalha como motorista na empresa Via Verde Transportes Coletivos. Ele conduziu a linha da Ufac por quatro anos seguidos, mas teve que mudar de rota. No entanto, desde fevereiro de 2018, quando retornou a fazer o trajeto Centro-Ufac, vem fazendo a alegria dos passageiros e ganhando cada vez mais amigos, estudantes em sua maioria.

Com ele, o clássico ‘bom dia’ ou ‘boa tarde’ são acompanhados de boas vindas, cantoria de feliz aniversário e até internet gratuita, o famoso “Wi-fi do Jaunes”. Nas redes sociais, são várias as declarações de carinho emitidas por acadêmicos. Numa página criada por estudantes da Ufac, uma espécie de correio elegante universitário, alunos publicaram um vídeo em homenagem ao motorista.
“O que me motiva a trabalhar assim é fazer o que eu gosto. Trabalho com amor”. Júnior destaca que ser motorista não é fácil, às vezes aparece um passageiro mais estressado, mas ele tem a fórmula mágica para reverter o mau humor: a gentileza. “Tem passageiros que são mais estressados, mas um bom dia, boa tarde e um ‘boa noite’ faz total diferença”, salienta.
Em pelo menos duas ocasiões, o motorista estacionou o veículo dentro da Universidade para cantar o tradicional ‘parabéns’ a alunas que faziam aniversário. “Ele costuma parar o ônibus dentro da Ufac para parabenizar quem está fazendo aniversário. Isso é muito bacana, faz a gente criar um laço de amizade com uma pessoa tão profissional como ele é”, diz Ana Paula Ribeiro, aluna da Ufac.
“Quando isso acontece, vejo que é uma data especial e peço licença para os demais passageiros para cantar o “parabéns”. Todos sempre concordam e fica todo mundo feliz. Um vez uma aluna estava desmotivada e triste, mas saiu do coletivo emocionada depois de ver tanta gente cantando pra ela. Ela ficou muito feliz”, conta o motorista.
Iuri Ferreira é morador do bairro Tucumã e também é passageiro frequente da linha de ônibus. Ele diz que “nunca vi isso aqui na cidade, um motorista ser tão prestativo e tão carinhoso com todo mundo. Dá pra perceber que ele ama o que faz. A gente sente orgulho de ter profissionais assim”, comenta.
Jaunes se diz agradecido pelo reconhecimento dos passageiros e faz questão de exaltar sua profissão através de perfis nas redes sociais. Sempre interagindo com seus seguidores, em suas postagens busca reafirmar seu companheirismo com os passageiros, que ele prefere chamar de colegas.

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat