NOSSAS REDES

Cruzeiro do Sul

Pai pede ajuda para a filha de 11 anos que sofre bullying e é agredido na escola em Cruzeiro do Sul

Juruá em Tempo, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Por meio de uma postagem na sua página do Facebook, Carlitos Uchoa, pai de uma aluna da escola Marcelino Champagnat, pediu ajuda ao denunciar que sua filha de 11 anos está sofrendo bullying e sendo agredido por colegas na sala de aula. O texto revela o sofrimento da garota e a tristeza do pai.
Segundo relatos do pai, sua filha já vinha relatando sofrimento e agressões. Ele afirma que aí ir buscá-la, presenciou a mesma sendo agredida por 6 colegas.  “Hoje ao ir buscar ela na educação física presenciei minha filha sendo agredida por 6 coleguinhas de classe, meu mundo parou ali, apenas peguei minha filha reuni e perguntei o motivo de tanta violencia dos demais contra ela, eles não souberam responder.”, disse o pai.
Carlito Uchoa pede ajuda a direção da escola para que acompanhe o caso, é que ajude as crianças para que não venham a praticar bullying.
Relato do Pai da Criança:
Tenho uma filha de 11 anos que estuda no 6° ano em escola publica, ela entre outras qualidades, é uma execelente aluna com uma das melhores notas da sala sendo sempre destaque pela simpatia e carisma com todos ao seu redor.
Ha algum tempo ela vinha relatando que tava sofrendo constantes agressões tanto verbais como física de seus colegas de classe, agressões essas apenas por ela ser a maior no tamanho e uma das mais inteligentes da turma, eu sempre tentei amenizar por imaginar que fosse apenas briga de criança.
Hoje ao ir buscar ELA na educação física presenciei MINHA FILHA SENDO AGREDIDA POR 6 COLEGUINHAS DE CLASSE, meu mundo parou ali, apenas peguei minha FILHA reuni e perguntei o motivo de tanta violencia dos demais contra ela, eles não souberam responder.
Levei o problema ate a direçao do colegio novamente, pois eles ja tinham sido informado antes o que vinha acontecendo, pra tentar uma soluçao, pois nao é apenas minha filha que sofre esse tipo de agressão, outros alunos tambem sofrem e isso nao é legal.
Espero do fundo do meu coraçao que essas crianças mudem, se torne pessoas de bem, sejam acompanhadas mais de perto pelos pais ou responsaveis.
Se vocês PAIS soubessem a responsabilidade que é CRIAR um FILHO, jamais fariam crianças pra jogar no mundo sem poder da o mínimo a eles, EDUCAR um filho nao é apenas da COMIDA e ROUPAS, educar um FILHO entre outros é mostrar a ele AMOR ao PROXIMO.
Em nenhum momento me descontrolei, fiquei indignado sim com a situaçao de vê um filho sendo agredido nao pela CRIANÇA, mas sim pelo espelho de ter PAIS irresponsaveis

Cruzeiro do Sul

Mutirão vai julgar mais de 620 processos relacionadas à violência contra a mulher no AC

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mais de 620 audiências de processos relacionados à violência contra a mulher devem ocorrer durante a 14ª Semana Justiça pela Paz em Casa da Justiça do Acre. Há julgamentos marcados para Rio Branco, Xapuri, Tarauacá e Cruzeiro do Sul com casos de feminicídios.

A abertura da campanha ocorreu nesta sexta-feira (16) com representantes do sistema de Justiça e a população, no Centro Cultural do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC), em Rio Branco.

O mutirão começa nesta segunda-feira (19) e se estende até a sexta (23). Do total de audiências, 317 vão ser julgadas na Vara de Proteção à Mulher da Comarca de Rio Branco. A Justiça destacou sete juízes para atuarem durante a semana.

Entre a programação, devem ser realizados oito júris de casos de feminicídios praticados em Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Xapuri e Tarauacá. As equipes devem ainda fazer palestradas em escolas e faculdades com o Projeto Conscientização pelo Enfrentamento à Violência Doméstica.

O objetivo da campanha é ampliar e efetivar os atendimentos da Lei Maria da Penha. A ação é do Conselho Nacional de Justiça realizada em todo país. Em 2019, esta é a segunda vez a que a Justiça acreana promove o mutirão de audiências.

Há ainda uma terceira ação marcada para ocorrer em novembro deste ano.

Continue lendo

CRIME

POLÍCIA MILITAR RECUPERA MAIS UMA MOTO ROUBADA NO VALE DO JURUÁ

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Militar, através do 6°BPM, no fim da tarde deste sábado (18), quando em patrulhamento no Ramal São Luiz avistou dois veículos saindo de um caminho na mata, ao verificarem encontraram alguns pertences jogados pelo chão, e adentrando até o fim do ramal onde encontrou uma moto escondida que pesava sobre ela a restrição de roubo. Tendo o apoia das demais guarnições de serviço. (GIRO, Trânsito…).

Polícia Militar nossa família serve sua família!

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?