NOSSAS REDES

ACRE

Restos mortais de Rhuan serão sepultados em Rio Branco na quinta-feira

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O que sobrou do corpo do menino Rhuan Maycon será sepultado em Rio Branco (AC) nesta quinta-feira (4), após o pai da criança, Maycon Douglas Lima de Castro, desembarcar na Capital trazendo o que procurava fazia pelo menos quatro anos: o filho arrancado de sua companhia e dos demais familiares em 2015, após ser sequestrado pela mãe, Rosana Auri da Silva Candido, que acabaria matando-o num dos crimes cuja torpeza é apontada como uma das maiores da crônica de crimes hediondos no país.
Entenda: Acreanas são presas em Brasília acusadas de matar e esquartejar criança de nove anos

Maycon Douglas disse que procurava a criança fazia mais de quatro anos. Tinha uma guarda provisória da criança, concedida pelo então juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude de Rio Branco, Romário Divino de Farias, mas, apesar disso, não pôde salvar o filho porque a mãe, já vivendo com Kacyla Priscyla Santiago Damasceno Pessoa, vivia fugindo país a fora.
Veja ainda: Menino esquartejado pela mãe e sua cúmplice teve o pênis amputado há um ano
Consta que, antes de se fixarem no Distrito Federal, as duas mulheres, em companhia das crianças, moraram em Sergipe e Goiás. Durante todo o sumiço, a foto de Rhuan circulava em redes sociais com pedido de informações à família. Maycon Douglas soube da morte do filho através de seu pai, o eletricista Francisco das Chagas, o “Chaguinha”, que viu a notícia do assassinato do neto e reconheceu as fotografias das duas mulheres acusadas pelo crime.
Leia ainda: Polícia acreana abre investigação para saber como Rhuan foi levado de Rio Branco
Desempregado, Maycon Douglas tinha dificuldades para retornar ao Acre com os restos mortais de seu filho, mas o problema foi resolvido por meio do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC). “Através da procuradora-chefe, Kátia Rejane de Araújo, a instituição se responsabilizou pelas despesas com o translado do corpo e o sepultamento no Acre trará um pouco de alívio à família”, disse Maycon, por telefone.

ACRE

Empresário que perdeu o controle do carro e colidiu em carreta pode ter sido vítima de AVC

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O empresário Amarildo Campos Coelho, de 47 anos, que colidiu com seu carro em uma carreta na última quarta-feira (19) e foi à óbito pode ter sido vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Essa é uma das hipóteses levantadas por paramédicos que socorreram Campos no local do acidente.

Com o suposto acidente vascular o pé direito do empresário pode ter ficado preso ao acelerador. De acordo com peritos que estiveram no local, o ponteiro de velocidade travou marcando 180 km/h. O carro que Campos conduzia era um Honda Civic, ficou totalmente destruído.

A revelação da suspeita de AVC foi feita por parentes do empresário na manhã de hoje (22), durante reabertura de uma de suas principais lojas de supermercados na Vila Acre. Ainda de acordo parentes, Campos já tinha apresentado um princípio de AVC meses antes do acidente.

Com o impacto da colisão com uma carreta, o corpo da vítima ficou preso às ferragens e foi retirado por homens do Corpo de Bombeiros, em seguida resgatado por peritos do Instituto Médico Legal – IML.

Continue lendo

ACRE

Três corpos foram encontrados após naufrágio de barco no Rio Juruá; duas crianças estão desaparecidas

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os corpos de três passageiros que estavam na embarcação que naufragou no Rio Juruá, no interior do Amazonas, foram resgatados na noite desta sexta-feira (21). Duas crianças, de dois e três anos, seguem desaparecidas. O acidente aconteceu nas proximidades do município de Carauari, a 788 km de distância de Manaus, na noite de quarta-feira (19).

O resgate foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros. Segundo a coorporação, foram encontrados os corpos de uma idosa de 82 anos, um homem de 22, e a mãe das duas crianças que seguem desaparecidas.

Equipes de resgate que atuam na área do naufrágio seguem os trabalhos em busca dos dois irmãos desaparecidos. Eles viajavam com a mãe, morta, e uma irmã, resgatada com vida na quinta-feira. O barco, com 97 pessoas, saiu de Manaus no dia 13 de junho e deveria chegar a Carauari na quinta-feira.

Os três corpos encontrados chegaram à sede da cidade de Carauari na madrugada deste sábado. Todos são velados ao mesmo tempo no Ginásio Vivaldino Cardoso Viana, que fica no centro do município.

Após o velório, familiares da mãe querem transferir o corpo da jovem para ser sepultado em Manaus.

Nesta sexta-feira um passageiro foi resgatado com vida por pescadores da região. O barco saiu de Manaus no dia 13 de junho e deveria chegar a Carauari na quinta-feira (20). Havia 97 passageiros na embarcação, que naufragou nas proximidades da comunidade do Bacaba.

São aproximadamente três horas de distância entre a sede da cidade e o local onde o houve o naufrágio, em região remota do Rio Juruá.

O GLOBO

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco