NOSSAS REDES

ACRE

Palmeiras do goleiro acreano Weverton é campeão da Copa do Brasil

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Após ser campeão da Libertadores da América, o Palmeiras do goleiro acreano Weverton se consagrou campeão da Copa do Brasil na tarde deste domingo, 07, ao derrotar novamente o Grêmio pelo placar de 2 a 0. Os gols foram de Gabriel Menino e Wesley.

No jogo de ida na Arena do Grêmio, o Palmeiras venceu com gol de Gustavo Gomez. No jogo de volta no Allianz Parque, o Palmeiras venceu por 2 a 0. No placar agregado, ficou 3 a 0 para a equipe palmeirense. Esse é o segundo título do ano que a equipe comandada por Abel Ferreira ergue uma taça.

Em campo, a final começou com tudo, com Pepê e Rony desperdiçando grandes oportunidades nos primeiros sete minutos.

A partida seguiu movimentada, e o Verdão chegou até a marcar com Raphael Veiga, aos 18, mas o lance foi anulado por impedimento de Rony na origem.

A resposta tricolor veio aos 23, quando Diego Souza cabeceou forte, mas Weverton agarrou firme, sem dar rebote.

Era lá e cá: cinco minutos depois, Veiga arriscou de fora da área e Paulo Victor pegou em dois tempos – Rony já aparecia bem para conferir a sobra.

A marcação gremista tinha dificuldades para “achar” Wesley em campo, e o atacante amarelou os dois zagueiros da equipe gaúcha em lances seguidos.

O Verdão seguiu ameaçando mais, e Zé Rafael experimentou da entrada da área, aos 40. Paulo Victor espalmou no canto e salvou.

Nos minutos finais, o Grêmio tentou ensaiar uma pressão, mas a partida foi com 0 a 0 para o intervalo.

Na volta dos vestiários, as duas equipes voltaram sem alterações, mas Renato avisou ao banco para que iniciasse aquecimento.

A 1ª boa chegada do 2º tempo foi do Palmeiras: Veiga soltou um balaço de fora da área, mas Paulo Victor fez a defesa.

O Imortal foi tendo que sair para o jogo, deixando o contra-ataque para o Verdão. E, esse tipo de lance, a equipe alviverde é mortal.

Aos 7 minutos, Raphael Veiga enfiou para Wesley, que invadiu a área e bateu no canto de Paulo Victor: 1 a 0.

Renato Gaúcho, então, teve que mexer: sacou Pepê e Alisson e colocou Ferreirinha e Guilherme Azevedo. Abel Ferreira respondeu trocando Zé Rafael por Patrick de Paula.

O tempo foi passando e o Grêmio teve que ir para cima de vez: saiu Thaciano e ingressou o talentoso Jean Pyerre.

Logo em seu 1º lance, Jean Pyerre teve grande oportunidade em ajeitada de Diego Souza, mas Patrick de Paula travou seu chute na hora H.

Abel, então, alterou o Palmeiras, com Willian, Mayke e Gabriel Menino assumindo as posições de Raphael Veiga, Luiz Adriano e Wesley.

Faltando 10 minutos para acabar, Renato foi para o tudo ou nada, colocando o atacante Churín no lugar do zagueiro Kannemann.

Mas quem fechou a conta foi o Palmeiras: em outro contra-ataque, Willian lançou Gabriel Menino, que bateu por baixo de Paulo Victor.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat