NOSSAS REDES

ACRE

Preocupante: Mais de 400 casos de Dengue já foram registrados em Sena Madureira

Senaonline.net, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Há também a confirmação de um caso de dengue hemorrágica

Um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde aponta que até agora já foram notificados 407 casos de Dengue em Sena Madureira. Há também a confirmação de um caso de dengue hemorrágica, considerado como o estágio mais grave da doença cujo paciente foi transferido para Rio Branco.

No Hospital João Câncio Fernandes, segundo o setor de Vigilância Epidemiológica, somente nesses primeiros dias do mês de novembro já foram feitas 87 notificações. “É uma situação bastante grave que estamos enfrentando. Em outubro foram 142 casos suspeitos e, neste mês, já são 87. É muito importante que os moradores redobrem os cuidados, caso contrário algo pior pode acontecer”, comentou Jocilda Melo, da Vigilância Epidemiológica.

O trabalhador autônomo Cleilton de Oliveira, residente no Bairro Jorge Alves Júnior, está internado no Hospital desde domingo por conta da dengue. Segundo ele, é uma situação extremamente ruim. “Comecei sentindo dores de cabeça, febre alta e dores em todo o corpo. É um desconforto muito grande. Graças a Deus estou me recuperando, mas a situação não é fácil. A população precisa abrir os olhos e limpar seus quintais”, ressaltou.

Uma das medidas adotadas pelo município na tentativa de frear a proliferação do mosquito Aedes Aegypty é o chamado Arrastão da Saúde contra a Dengue.

Essa ação já foi desenvolvida no Bairro Bom Sucesso e nesta terça-feira, 13, a equipe se encontra no Bairro Ana Vieira. Enfermeiros, Agentes de Endemias e outros profissionais estão indo de casa em casa orientando os moradores sobre os cuidados que devem ser tomados.

Além disso, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) deflagrou um Mutirão de limpeza que engloba serviço de capina e a coleta do lixo. “Só iremos vencer essa guerra se estivermos todos unidos. A administração precisa muito do apoio da comunidade”, enfatizou o secretário municipal de saúde, Daniel Herculano.

Com relação aos terrenos baldios existentes na cidade, a Vigilância Sanitária já começou a notificar os proprietários. Quem não providenciar a limpeza estará sujeito às penalidades da lei.

Sena Online

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat