NOSSAS REDES

ACRE

Rio Juruá continua subindo e cresce para nove número de famílias em abrigo no interior do AC

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Nível do rio chegou a 13,53 metros nesta segunda-feira (3). Mais 20 famílias estão em aluguel social ou em casa de parentes.

Foto: Rio Juruá continua subindo e sobe para nove número de famílias em abrigo no interior do AC — Foto: Mazinho Rogério/G1.

Com uma elevação de 3 centímetros nas últimas 24 horas=, o nível do Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, chegou a marca de 13,56 m na manhã desta segunda-feira (3). Por conta da cheia, a Defesa Civil do município já teve que retirar 29 famílias de casas nas regiões mais atingidas pelas águas.

Na manhã desta segunda-feira, mais duas famílias procuraram o posto de atendimento aos desabrigados que foi montado em uma tenda, no porto da cidade, para solicitar apoio para sair de casa.

O agricultor Antônio da Silva, de 56 anos, que mora no bairro Miritizal, procurou os representantes da Defesa Civil, às 10h, para pedir que fosse providenciada a mudança de sua família para uma casa que ele tem na comunidade rural onde trabalha. Ele mora com a esposa, uma sobrinha e a mãe de 82 anos.

“Se subir mais um pouco cobre o piso da minha casa e eu estou precisando sair porque minhas criações já estão tudo dentro da água. O galinheiro já cobriu e minhas galinhas já estão dentro da água e eu não tenho onde colocar. Tem também minha mãe que eu cuido e está difícil com tudo alagado e nem posso sair para trabalhar”, disse o produtor rural.

Equipes de socorro avaliaram a situação da casa do agricultor e providenciaram a munda da família ainda nesta segunda. Além dele, outra família também pediu apoio para ir até a casa de familiares.

Com mais as duas famílias removidas, subiu para 29 o número de casas que foram desocupadas pelos moradores dos bairros que estão inundados na segunda maior cidade do Acre. A prefeitura montou um abrigo coletivo no ginásio de esportes Alailton Negreitos para onde já foram levadas 9 famílias e outras 20 estão em casas de familiares ou por conta de aluguel social.

De acordo com a Defesa Civil, o nível do rio chegou a baixar 1 cm neste domingo (3), mas voltou a subir e está 56 cm acima da cota de transbordo, que é de 13 m. O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro anunciou que, se a cheia alcançar a marca de 13,60 metros, o município deverá decretar estado de emergência. Mazinho Rogério, G1 AC.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat